“Manos”… Preparem-se estou chegando!!!

Começa o ano e eu estou saindo de fininho. Vou esticar as pernas por umas duas semanas, afinal ninguém é de ferro. Os Manos, Antunes, o Ricardo e o Alexandre colocaram algumas loiras pra gelar, e antes que dê problema na geladeira, vamos liquidá-las, (como dizia Willy Fritz Gonser nos bons tempos), e jogar conversa fora.
Por Edemar Annuseck

Apresentação
Vou conhecer novos amigos que fiz através da Internet. É verdade. Só conheço pessoalmente, – ao vivo – como diria o Faustão,  o Antunes Severo. Aliás, o conheci como homem da Propague.
Faz tempo, estivemos juntos rápidamente, trocando idéias sobre a publicidade e os patrocinadores. Ricardo que me deu um susto no dia 26 quando abri o site, espero que já esteja em ponto de bala para encarar a batalha. Ricardo é conhecido de minha filha que mora na Ilha. O Alexandre (MarketAll), pra quem dou muito trabalho semanalmente, só conheço pela troca de emails. Mas, tenho a certeza de que vou encontrar amigos; amigos que realizam um trabalho extraordinário a serviço do rádio brasileiro. Resgatar a memória do rádio com colunas fantásticas, só Caros Ouvintes, faz.  É só olhar à esquerda da página e verificar quem assina as matérias.
O rádio !
Muito bem. Vamos tocar no assunto que de acordo com minha esposa é meu primeiro, segundo, terceiro, quarto e quinto assunto, diário. Começa um novo ano com muito futebol já a partir dos próximos dias com os campeonatos estaduais, transferências de jogadores, futebol do Rio querendo voltar a ser grande, e muitas especulações. Aqui em Curitiba comenta-se que a Rádio Clube Paranaense voltará a fazer futebol, mas, em FM.
Tiraram do ar o futebol na B-2 e querem remediar a situação com a sua FM, outrora muito ouvida e com grande alcance. Aliás, deverão entrar na seara da Transamérica com sátiras envolvendo os clubes de Curitiba. Não sou contra esse tipo de rádio; mas, o que a Transamérica faz no rádio curitibano é muito pornográfico. Sorte dela que não há censura, porque o que ouvi no ano de 2007, nas poucas vezes que a sintonizei, me deu a impressão de estar ouvindo uma emissora pouco preocupada com a transmissão dos jogos, e com um som reverberado, muitas vezes inaudível.
A Eldorado de São José dos Pinhais comprada pelo ex-deputado Ricardo Chab terá sua programação própria a partir de Fevereiro, passando a chamar-se Rádio +. Falam em fazer futebol.
Aliás, a esse propósito alguém me perguntou outro dia: fazer futebol no rádio dá lucro ?
Resposta: com qualidade, e, organização dá.
O futebol (e isso a maioria dos donos de rádio não sabe, ou faz de conta) dá prestígio a emissora, eleva a audiência da rádio e chama a atenção das empresas e agências de publicidade, com isso aumentando o faturamento geral.
É o tal do:  investe-se aqui, mas ganha-se acolá.
Meu rádio
O rádio AM em Curitiba – de acordo com o Ibope – é liderado pela Rádio Banda B, desde a implantação da emissora. Sua programação não é voltada para a faixa de ouvintes das classes A e B, que o rádio AM já teve. Aliás, continua em São Paulo com as rádios Jovem Pan, CBN, Eldorado e a Bandeirantes.
A Difusora do grupo da excelente Ouro Verde FM, que surgiu no último semestre é a segunda do mercado, em Curitiba, com uma programação popular. Com a abertura que deu para o esporte ganhou a fatia antes ocupada pela B-2.
A Globo AM de Curitiba é a outra emissora no esporte no AM.  O que se ouve na Boca Maldita é sobre a RPC no rádio AM. O grupo adquiriu no ano passado as Rádios Capital AM e FM de Curitiba. A AM voltou ao seu nome de batismo – Rádio Continental -. Fala-se em jornalismo forte e esporte, para este ano. Já fatura uma boa faixa do mercado na hora do almoço com a Grande Resenha comandada por Nelson Santos, Capitão Hidalgo e Jotapê, e as participações de Hassan Neto, Paulo César Thiemann, Jairo Silva e Henrique Giglio. Único programa esportivo no rádio AM de Curitiba, ao meio dia.
Comenta-se que Nelson Santos e Capitão Hidalgo, receberam convite para comandar as transmissões esportivas da emissora que está mudando para o complexo da RPC. O Capitão Hidalgo também tem convite para assumir o futebol da Rádio + , do seu amigo Ricardo Chab.
Enfim, as coisas vão sendo ajustadas no começo do ano; só espero que ao terminar 2008, Curitiba tenha uma rádio nos moldes de Jovem Pan, CBN, Eldorado, e Bandeirantes,  no AM, por iniciativa das próprias rádios e não de redes, porque hoje passando pelo dial, só se ouve pastores, padres e pregadores gritando aos quatro ventos. Aliás, peguem o IBOPE e vejam quanto dá de audiência essas rádios.
Audiência e fiscalização !
Prá fechar o papo inicial do ano reforço meu pedido a Anatel, Abert, Ministério das Comunicações e quem é da área, para que façam uma fiscalização séria no rádio. O rádio brasileiro não merece ouvir o que muitas emissoras colocam no ar.
A propósito, o site bastidoresdoradio.com , do amigo Adriano Barbiero publicou no dia 17 de Dezembro de 2007 :
A Arbitron, empresa especializada em pesquisas de audiência de Rádio nos Estados Unidos, apresentou no dia 10 de dezembro os resultados preliminares da sua última pesquisa anual sobre o veículo Rádio.
Os números mostram que semanalmente o Rádio é sintonizado por 82% da população, com idade acima de 11 anos. Isto equivale a 233 milhões de ouvintes.
Mais detalhadamente, 95% dos adultos entre 18 e 49 anos, com diploma superior e renda familiar acima de 50 mil dólares por ano, ouvem o Rádio semanalmente. Na faixa etária de 12 a 17 anos a audiência é de 84%.
A pesquisa também aponta que 94% da população de descendência africana é ouvinte de Rádio, como também 95% das pessoas de cultura hispânica.
Aqui no Brasil, de 183 milhões de habitantes segundo o último censo do IBGE, com certeza não temos mais de 50 milhões de ouvintes, se tivermos, atualmente.
Agora dá licença que vou saborear uns peixinhos, uns camarõezinhos, umas ostras, umas lulas, umas loiras, bater um papo com os manézinhos (tais tolo, tais tolo, é,é,é) e…..
Volto de repente !!!
 


{moscomment}

Categorias: Tags: , ,

Por Edemar Annuseck

Edemar Annuseck, jornalista, narrador esportivo que iniciou na Rádio Nereu Ramos de Blumenau em 1964 e depois atuou nas Rádio Jovem Pan, Tupi, Record de São Paulo, Clube Paranaense, Cidade e Globo/CBN de Curitiba, TV Jovem Pan e SPORTV, Editor da página de esportes do Jornal A CIDADE DE BLUMENAU, cobrir 5 Copas do Mundo (74, 78, 82, 86 e 90).
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *