25° Congresso da Abert termina com balanço positivo

O 25° Congresso Brasileiro da Radiodifusão chegou ao fim na quinta-feira (21) com balanço positivo de participantes e organizadores. Mais de 1,5 mil pessoas participaram dos debates do congresso e do Seminário Técnico, além de visitarem a 22ª Feira Internacional de Equipamentos e Serviços.

Segundo o presidente da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), Daniel Pimentel Slaviero, os negócios realizados na feira superaram os R$ 38 milhões, previstos pela entidade. O evento reuniu 94 empresas nacionais e multinacionais.

Para Slaviero, foram dias produtivos de debates e deliberações sobre o presente e o futuro da radiodifusão brasileira. Ele destaca como principal fato do congresso a assinatura da portaria para a escolha do padrão digital de rádio pelo ministro Hélio Costa das
Comunicações. “Nossa expectativa é de que até 2010 teremos uma definição oficial do padrão para o país”, afirma. “O rádio não pode mais permanecer como único meio analógico num mundo digital.”

Também mobilizaram a atenção da maioria dos participantes a defesa da publicidade para a consolidação da democracia e do desenvolvimento do país e a realização da I Conferência Nacional da Comunicação, marcada para dezembro deste ano. “Temos certeza de que será uma oportunidade importante para discutir o modelo atual, mas desde que olhemos para o futuro”, disse. A Abert espera que o comitê organizador defina os eixos da conferência, para então concluir suas prioridades.

O Congresso teve seis plenárias, 11 painéis e 14 oficinas do 25° Congresso, além de 94 expositores na  Internacional de Equipamentos e Serviços e do 28° Seminário Técnico Nacional de Radiodifusão.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *