A vida do Lauro e o livro valem a pena

Ao longo desses 30 anos ele mudou o destino de muitos jogadores, revelou outros e interferiu em tudo que se pode dizer do futebol nesta época. Paulo Brito *

Lauro Búrigo. Foto Marcelo Bittencourt

O livro conta histórias vividas pelo Lauro Búrigo desde o tempo em que era uma criança em Cocal do Sul e como virou treinador de futebol sem nunca ter jogado futebol como profissional. De 1968, quando começou até o ano de 1998 quando parou como diretor do Criciúma Lauro foi a figura mais popular, vitoriosa, polêmica e que soube usar a mídia para motivar e divulgar o futebol. Ao longo desses 30 anos ele mudou o destino de muitos jogadores, revelou outros e interferiu em tudo que se pode dizer do futebol nesta época. Ele inicia e termina uma era do futebol em Santa Catarina. Foi campeão por todos os clubes que passou, foi odiado e adorado. Não há uma pessoa que tenha ido ao estádio de futebol nesse período que não tenha ido ansioso porque ele estava do outro lado ou confiante porque ele estava ao seu lado. O livreiro Nelson Rolim de Moura qualificou o livro de melhor do que o outro e o outro tu sabes qual é, deves ter lido. Todos irão desfrutar das histórias de como Lauro virou treinador, como foi dono de boate, como vendeu um piano, uma cadeira, montou uma banca de bicho, vendeu um emprego, correu da polícia, brigou, usou um padre para promover uma casa noturna, e também, como se chegava ao sul do estado quando Lauro era um estudante interno no Colégio Catarinense. Quando ele leu os originais me ligou à noite dizendo: tu me fizestes chorar; agora dando entrevistas esta semana em Criciúma chorou de novo. A vida do Lauro e o livro valem a pena.

2000

Paulo Brito nasceu em Florianópolis (SC), em 6 de junho de 1943. É jornalista formado pela Pontifícia Universidade Católica de Porto Alegre (PUC/RS), em 1972. Exerceu a profissão em jornais e emissoras de rádios e televisão em Porto Alegre, São Paulo e Florianópolis, tendo sua carreira marcada pelo pioneirismo e pela atuação na área de ensino e formação de novos jornalistas. (Paula Arend Laeir, 2000)

Categorias: Tags: , , , , ,

Por Antunes Severo

Radialista, jornalista, publicitário, professor e pesquisador é Mestre em Administração pela UDESC – Universidade do Estado de SC: para as áreas de marketing e comunicação mercadológica. Desde 1995 se dedica à pesquisa dos meios de comunicação em Santa Catarina. Criador, editor e primeiro presidente é conselheiro nato do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *