60 anos do suicídio de Vargas: como reagiram os radioatores?

Pijama e arma que Getúlio Vargas usaram no momento do suicídio Yanguas /Domínio público/Wikimedia Commons

Pijama e arma que Getúlio Vargas usaram no momento do suicídio Yanguas /Domínio público/Wikimedia Commons

Gerdal dos Santos e Osmar Frazão – atualmente apresentadores da Rádio Nacional – contam que os atores e cantores da emissora ficaram arrasados com a morte do presidente Getúlio Vargas. “A apreensão dos artistas foi muito grande”, conta Gerdal. “Quando Getúlio morreu, todos daqui choraram, pois foi ele quem impulsionou a Rádio Nacional”, afirma Osmar Frazão.

Na sexta-feira, 22 de agosto, o quadro ‘O rádio faz história’ do programa Todas as Vozes, mostrou o relato completo dos dois atores e apresentadores sobre o que aconteceu naquela manhã de 24 de agosto de 1954 na sede da emissora. A fonte do áudio é um dos CD’s encartados no livro ‘Vargas, agosto de 54’, da jornalista Ana Baum (organizadora) e estudantes da Universidade Federal Fluminense. O livro foi lançado em 2004.

O rádio faz história

Com apresentação do jornalista, radialista e professor Marco Aurélio Carvalho., o quadro ‘O rádio faz história’ é parte do programa Todas as Vozes, que vai ao ar a partir das 7h05, de segunda a sexta-feira, na MEC AM Rio, com produção de Marcus Aurélio e Marcos Leite.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *