A comunicação tradicional

De acordo com levantamento da Kantar IBOPE Media, o avanço das tecnologias e das redes sociais não excluiu dos lares brasileiros o hábito de acompanhar os meios tradicionais.

Os números mostram que nas principais regiões metropolitanas do país, cerca de 93% da população assiste TV regularmente, e 87% é ouvinte diário do Rádio.

O uso da internet como experiência complementar as mídias tradicionais trouxe uma nova proximidade com o público, abrindo a possibilidade ao público de participar de programas de TV e Rádio, por meio de comentários, enquetes, votações e dúvidas enviadas pelas redes sociais. Também com programações disponibilizadas em plataformas digitais do veículo. O tempo médio diário de consumo de televisão domiciliar chegou a crescer 12% nos últimos 10 anos, passando de uma média de 8h18 para 9h17.

O que também contribui para a manutenção dos meios tradicionais na vida dos brasileiros é a confiabilidade da informação, segundo o Kantar IBOPE, 56% da população confiam na TV para manter-se informados, 67% confiam nos vídeos veiculados por veículos tradicionais, e 78% consideram o Rádio uma fonte confiável de informação. O que demonstra o poder da influência e importância da mídia tradicional no cotidiano da população, e que mesmo com o aglomerado de notícias publicadas em fontes não oficiais, o brasileiro ainda prefere buscar uma fonte tradicional, a qual considera confiável, para se informar.

(Sert/SC, 27/11/2018)

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *