A história da TV Catarinense na mira das pesquisas

Maria Luíza Buriham

Natália Duane de Souza

O estudo da história da televisão em Santa Catarina tem evoluído nos últimos anos, mais ainda é pouco disseminado, particularmente no universo do mundo acadêmico dos cursos de Comunicação Social das universidades catarinenses. Mais recentemente, o Grupo de Pesquisa em Telejornalismo da UFSC passou a fazer parte do GIPTele – Grupo Interinstitucional de Pesquisa em Telejornalismo com outras entidades como Unipampa e PUC-RS, e profissionais de organizações como RBS, Rede Globo e Intercom. Atualmente no curso de Jornalismo da UFSC há um grupo que está realizando um projeto que pesquisa a história do Telejornalismo em Florianópolis.

Nesta semana o programa Ponto de Encontro entrevistou as acadêmicas  Maria Luíza Buriham e Natália Duane de Souza que você pode ouvir agora no podcast desta edição. Mais informações aqui.

Categorias: , , Tags: , ,

Por Antunes Severo

Radialista, jornalista, publicitário, professor e pesquisador é Mestre em Administração pela UDESC – Universidade do Estado de SC: para as áreas de marketing e comunicação mercadológica. Desde 1995 se dedica à pesquisa dos meios de comunicação em Santa Catarina. Criador, editor e primeiro presidente é conselheiro nato do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *