A imprensa e a integração de SC

O dia 22 de setembro representa um marco na história da imprensa catarinense. Circulava em Blumenau o número um do Jornal de Santa Catarina. Vinha com a marca da inovação tecnológica e profunda renovação de conteúdo. Trazia o mesmo slogan da TV Coligadas: “A emissora da integração catarinense”.

jsc-22-setembro-1971

Na noite do dia 21 de setembro, o então governador Colombo Salles acionava as modernas rotativas para circulação do primeiro jornal com impressão offset, sistema de composição eletrônica, além de novos equipamentos de radiofoto e telefoto, uma revolução no Estado.

Um acontecimento, sobretudo, pela nova concepção de fazer jornal, mais profissional e independente. À frente de um grupo de jovens jornalista, o professor gaúcho Nestor Fedrizi, que já implantara o telejornalismo da TV Coligadas. A retaguarda da TV e da rede de rádios do grupo Coligadas tinham a pretensão de levar o jornal aos 197 municípios. Sonho e ousadia na estratégia da Central Coligadas de Notícias.

O Jornal de Santa Catarina consolidava o pioneirismo de Blumenau na área das comunicações. Primeiro, porque foi em Blumenau que surgiu a primeira emissora de rádio (Clube de Blumenau, em 1932) e foi no Vale que se instalou o polo do sistema integrado de microondas. E, de forma marcante, a TV Coligadas como primeira emissora de TV, homenageando a fundação de Blumenau dia 1º de setembro de 1969. Segundo, porque a chegada do Jornal de Santa Catarina, com forte receptividade no Vale e em ampla repercussão na Capital, sacudiu a concorrência. O jornal “O Estado”, o principal veículo impresso, com composição a quente e impressão em antigas rotativas, construiu uma sede e entrou em nova fase.

Assim, a modernização da imprensa e as inovações de conteúdo iniciam uma nova era com a chegada do Santa há exatos 45 anos.

(Da coluna de Moacir Pereira, DC, 22/09/2016)

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *