Abert quer PL 29 também para a internet

Durante a abertura do 25º Congresso Brasileiro de Radiodifusão, na terça-feira (19) em Brasília, Daniel Slaviero, presidente da Abert, defendeu a aplicação da lei de comunicação social à internet.

Alguns pontos da legislação preveem regras de limite para capital estrangeiro e transmissão de conteúdo. “A internet é aberta, mas não desvinculada do mercado e a regra da comunicação social também deve ser aplicada à ela”, afirmou. Ele acredita que a rede pode criar uma nova ‘legião’ de ouvintes e telespectadores para as rádios e TVs do Brasil.

Na ocasião, o executivo também disse que o PL 29 não pode deixar de incluir a internet nas suas regras. Além disso, Slaviero ressaltou que o fim da Lei de Imprensa representou um avanço para a sociedade brasileira. No entanto, ele salientou que o Congresso deve aprovar uma lei que assegure o direito de resposta e indenização por danos morais.

Durante seu discurso, o executivo também falou sobre os avanços na implantação da TV digital. O sinal já está disponível para 18 cidades, atingindo mais de 45 milhões de telespectadores no país. “A sensível melhora da qualidade de áudio e vídeo é impressionante, mas será a mobilidade o maior diferencial deste novo momento”, ressaltou.

Segundo Slaviero, o setor ainda espera pela definição do padrão de rádio digital, uma vez que é considerada fundamental para valorizar esse meio de comunicação e o seu papel no cotidiano das pessoas.

Com informações da Tele Síntese

Redação Adnews

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *