Antunes Severo recebe homenagem da Academia Catarinense de Letras e Artes

A Academia Catarinense de Letras e Artes (ACLA) promoveu no dia 9 de julho, Sessão da Saudade em memória do publicitário, escritor e radialista Antunes Severo, fundador do Instituto Caros Ouvintes, falecido em 22 de novembro de 2017. “Antunes Severo foi um homem de enormes qualidades e que deixou a sua marca indelével na cultura e nas comunicações em Santa Catarina”, afirma Antônio Cunha, presidente da ACLA.

antunes severo

Ele conta que Antunes Severo tornou-se acadêmico da Academia em 2015, ocupando a cadeira nº 21, tendo ele mesmo escolhido como patrono de sua cadeira o jornalista e radialista Adolfo Zigelli, outra lenda das comunicações de Santa Catarina. Para Cunha, foram muitas as contribuições de Antunes para a comunicação e a cultura de Santa Catarina. Já na década de 1950 Antunes era destaque como homem do rádio no Paraná e em Santa Catarina, desempenhando funções de locutor, produtor, rádio-ator, apresentador e repórter. “Mas foi além, idealizando e implantando entidades e empresas que se tornaram referências no meio publicitário, como a ADVB e a agência AS Propague”, destaca.

Quanto à homenagem, o presidente da ACLA afirma que é da tradição acadêmica que, passados alguns meses do falecimento de um de seus membros, seja realizada uma sessão especial em sua memória. “Perdemos o nosso saudoso Antunes Severo em novembro de 2017 e resolvemos que chegou o momento de homenageá-lo”, diz. “A preservação da identidade cultural de um povo passa indiscutivelmente pela preservação e pela socialização da memória”.

A homenagem reúne os seus acadêmicos, familiares e amigos do homenageado. Um dos membros da Academia é escolhido previamente para preparar e proferir um panegírico, que é um discurso honorífico destacando as qualidades e os feitos do homenageado. Na ocasião, o discurso de homenagem será proferido pela acadêmico Aguinaldo Filho, responsável pela indicação de Antunes à ACLA. A sessão começa às 19h, no Auditório do BRDE, localizado na Avenida Hercílio Luz, 617, no Centro, em Florianópolis.

Sobre a ACLA

A Academia Catarinense de Letras e Artes – ACLA é uma entidade que congrega representantes das letras, da música, das artes cênicas e das artes visuais do Estado de Santa Catarina. Fundada em 5 de julho de 2003 sob inspiração de seu patrono o advogado, jornalista, professor e escritor Paschoal Apóstolo Pítsica, tornou-se de utilidade pública estadual e municipal e reconhecida pelo artigo 173 da Constituição do Estado de Santa Catarina a partir da Emenda 48. Possui atualmente 31 membros entre acadêmicos e acadêmicas representantes das quatro áreas de abrangência. A ACLA soma-se às demais instituições acadêmicas de nosso Estado no estímulo, na preservação, no aprofundamento e no desenvolvimento da cultura e das artes.

Conheça mais sobre a trajetória de Antunes Severo.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *