Alcides Abreu, um gênio catarinense

Falar que Alcides Abreu era um visionário é pouco. Alcides foi o mais brilhante quadro que surgiu na administração pública de Santa Catarina nos últimos 60 anos.

Foto Daniel Queiroz/ArquivoND

Foto Daniel Queiroz/ArquivoND

No governo de Celso Ramos Alcides despontou como coordenador do PLAMEG, o plano de governo mais inovador que Santa Catarina já teve.  Com foco na educação o governo de Celso Ramos foi um dos melhores da história de Santa Catarina.

A criação do BDE/BESC, CELESC, UDESC e BRDE foram marcas do trabalho de Alcides no governo do Dr. Celso que sabia se cercar de jovens talentos como Alcides Abreu e Fernando Marcondes de Matos, entre outros.

Depois da gestão do Celso Ramos, Alcides Abreu foi importante nas assessorias dos governos de Colombo Sales, elaborando e coordenando o Projeto Catarinense de Desenvolvimento e nas duas gestões governamentais de  Esperidião Amin, não por coincidência, também grandes administrações que aconteceram no nosso Estado.

Tive o privilégio de conviver com Alcides a partir da década de 1980 e um dos exemplos do seu talento ocorreu quando a Propague comemorou 25 anos. Tivemos a ideia de fazer uma campanha contando como era o Estado e as principais cidades na década de 1960 quando a Propague foi criada. Também queríamos saber como Santa Catarina e essas cidades estavam em 1988 e uma prospecção para o futuro. Na época escolhemos escritores e jornalistas para traçar um cenário do Estado e das cidades polos nos anos 1960. Contamos com saborosos textos de Paulo da Costa Ramos (Santa Catarina), Raul Caldas Filho (Florianópolis), Luis Antônio Soares (Blumenau), Apolinário Ternes (Joinville), Aderbal Machado (Criciúma), Márcio Camargo da Costa(Lages) e Marcos Bedin (Chapecó). Para discorrer sobre o presente e futuro de Santa Catarina solicitei um texto ao professor Alcides. Na ocasião também pedi indicações de nomes para escrever sobre as seis cidades polo do Estado. Modestamente me disse que ele mesmo poderia fazer os textos de cada cidade. E fez trabalhos irretocáveis e premonitórios revelando o seu grande conhecimento de todo o Estado.

Obrigado Alcides, se hoje temos o melhor estado do Brasil devemos muito ao seu trabalho.

(Por Roberto Costa, empresário e Presidente da Propague Serviços de Comunicação)

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *