Caros Ouvintes

Aldo Silva declama Marruero poesia de sua autoria. Esse tipo de poesia fazia parte do programa Alma Sertaneja produzido e apresentado por Aldo Silva na Rádio Diário da Manhã. Gravação de 1956.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *