AMs dos anos 2000

O quinto capítulo do livro Caros Ouvintes tem por objetivo de trazer ao conhecimento do leitor as principais características das emissoras em amplitude modulada da Grande Florianópolis.
Da Redação

A região comporta um total de 8 estações AMs, sendo que 6 delas estão situadas na capital catarinense e duas em São José. Pertencem ao município de Florianópolis as rádios Santa Catarina (hoje Bandeirantes) , Guarujá, CBN Diário, Difusora Gomes, Cultura e Marumby.  Na cidade vizinha à capital estão localizadas a Rádio Mais e a Rádio Guararema.


Mário Silva, comunicador da rádio Difusora Gomes

Após uma análise da programação de cada emissora, ousamos em distribuir  as rádios em quatro categorias : popular, eclética, informativa e religiosa. Dentro da categoria « popular » estão inseridas a Rádio Mais, Guararema e Difusora Gomes (transmitindo a programação da Rádio Gazeta), que são emissoras que colocam em prática uma grade de programação quase que exclusivamente musical, com um repertório direcionado sobretudo para o sertanejo, música nativista, pagode e samba. Na categoria « eclética » estão alinhadas  as emissoras que mesclam principalmente jornalismo, esporte e música. É o caso da  Rádio Santa Catarina (jornalismo e música) e Guarujá ( esporte e música). A única emissora considerada informativa é a CBN Diário, que se dedica ao jornalismo e esporte, sem abrir espaço para o setor musical.  As estações Cultura-da Igreja católica- e a  Marumby-da igreja evangélica- estão ligadas à categoria de rádio religiosas.


Equipe da CBN Diário: Em pé da esquerda para direita: Carlos Eduardo Lino, Lauro
Búrigo, Renato Igor, Roberto Alves, Luiz Carlos Prates, Vera Maria, Stella Máris,
Renato Semensati, Denise Coelho.  Sentado: Paulo Brito.

O livro Caros Ouvintes, que conta a trajetória do rádio em Florianópolis,  será lançado no dia 4 de agosto na Assembléia Legislativa do Estado de Santa Catarina. A publicação da obra é uma parceria entre a editora Insular e a Associação Catarinense de Imprensa (ACI).


{moscomment}

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *