AN Capital – 30/09/04

Especialista critica linguagem usada em rádio
por Natália Viana

Para o radialista e coordenador do projeto Caros Ouvintes, Antunes Severo, o rádio foi sub-utilizado na campanha eleitoral. Isso ocorre devido a maneira inadequada de como o veículo foi usado e ao despreparo individual da grande maioria dos candidatos. “Falta entendimento das técnicas de linguagem do rádio, o que leva a uma simplificação muito grande, em detrimento da mensagem”, avalia o pesquisador.

Severo diz que atualmente o rádio está sendo usado para a promoção dos candidatos da mesma forma como se estivesse vendendo um produto qualquer de consumo. As causas seriam as características do rádio que fazem deste um instrumento de difusão único e usuários sem uma noção precisa de que o veículo tem uma linguagem própria. “Isso se observa tanto na propaganda obrigatória, como nas declarações e entrevistas. Fala-se como se estivesse escrevendo ou participando de um bate papo. Não há uma demonstração de conhecimento da linguagem e das especificidades do rádio”, completa.

O radialista afirma que o rádio foi o grande veículo político da década de 30, sendo muito utilizado por figuras como Adolf Hitler, Benito Mussolini e Getúlio Vargas. Mas, a partir da década de 40, inicia-se a utilização do rádio para divulgação comercial, distanciando-se da sua função social. “Isto resultou em uma confusão tão grande, que ainda hoje há dificuldades de identificar a comunicação radiofónica adequada”, aponta. Severo destaca que o rádio vem sofrendo com a falta de qualidade, mas isto não quer dizer que seja um veículo ultrapassado.

De acordo com ele, é um meio de comunicação que está passando por grandes transformações que não são percebidas pelo grande público. Uma das novidades é o rádio na Internet, um campo de conhecimento ainda muito recente, mas que já demonstra grandes possibilidades.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *