Anjos Enigmáticos

O meu amigo Damião é alucinado por charadas. Tem um bom coração, é muito educado e atencioso, mas não me pode ver que vem logo com esse papo: você que trabalha em rádio, jornal e televisão deve saber disso ou daquilo.
Por Léo Saballa

Pronto, está me preparando para uma nova charada. Na cabeça dele estou acima da média e a minha memória abriga milhões de gigas.  
Explico que nada sei de charadas e tenho até dificuldade para entender as perguntas mais elementares. Sou avesso a números e sinto preguiça para fazer contas. Esqueço datas importantes e aniversários de pessoas próximas. Em resumo, qualquer criança que assiste ao programa da Xuxa é capaz de me dar uma surra numa competição de charadas.
Esta semana resolvi me vingar do Damião e antes das oito da manhã liguei para ele e fui direto ao assunto: vamos supor que você morreu e está tentando entrar no céu. À sua frente têm duas portas. Uma delas é a porta do céu, mas você não sabe qual. Em cada uma há um anjo sendo que um só fala a verdade e o outro só conta mentiras. Mas você também não sabe quem é quem. No entanto, tem o direito de fazer apenas uma pergunta para qualquer um dos anjos. Na resposta do anjo é possível ter certeza que você vai entrar no céu. Que pergunta teria de ser feita?
Senti um silêncio profundo e pensei que a ligação tivesse caído.
– Damião, você está me ouvindo?
– Antes do meio-dia darei a resposta, disse secamente, desligando o telefone.
Perto das 11 horas toca o meu celular. É o Damião querendo saber a cor das roupas usadas pelos anjos. Roupas brancas – chuto. Mais um longo silêncio e então provoco: você só tem mais uma hora para pensar. Depois vou revelar a resposta da charada, que, aliás, é muito simples.
Fico feliz quando ouço novamente o telefone sendo desligado na minha cara. Finalmente, no prazo estipulado, o Damião liga de novo e com voz humilde explica que não conseguiu trabalhar a manhã inteira.
Pensou em milhões de perguntas para decifrar a charada e nada. Confesso que fiquei com pena do meu amigo, mas não gostaria de humilhá-lo, de revelar a ele a solução da charada. Portanto, se alguém souber favor ligar para o celular do Damião: 48 9978-3605.


{moscomment}

Categorias: Tags:

Por Léo Saballa

Radialista, publicitário e produtor cultural. Residente em Joinville/SC, atuou em diversas emissoras de rádio em Santa Catarina. Como jornalista, foi editor de Política e de Geral no jornal A Notícia de Joinville, onde é cronista no caderno AN Cidade. Léo tem prestado assessoria de imprensa para entidades filantrópicas.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *