Arilton Barreiros é homenageado pela ACI pelos 50 anos de comunicação

O radiodifusor Arilton Barreiros de Souza foi homenageado na última sexta-feira (20), pela Associação Catarinense de Imprensa – ACI/Casa do Jornalista pelos 50 anos de trabalho na área de comunicação. A homenagem ocorreu na sede da Associação Empresarial de Tubarão – ACIT, com a presença de várias autoridades, entre elas, o prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, dirigentes da ACI, ACIT, além de jornalistas, radialistas, familiares.

 

Na cerimônia, foi destacada a trajetória de Arilton Barreiros que já atuou em várias funções, como narrador, comentarista, repórter, chefe de equipe, gerente, colunista. Na área associativa, foi por muito tempo o vice-presidente Regional Sul da ACAERT. Hoje, como empresário da comunicação, comanda na Rádio SC 1210 AM o programa “De Olho nas Cidades”, tradicional nas manhãs da Super Santa. Escreve para Jornal da Cidade e Jornal Diário do Sul.

Arilton estava visivelmente emocionado com a homenagem e com a presença de tantas pessoas ao evento – a maioria delas protagonistas de muitas de suas reportagens e entrevistas. Segundo ele, toda esta mostra de admiração pública a ele como profissional se deve ao amigo e também jornalista Iberê Aguiar Jaques. “Ele arquitetou toda esta homenagem junto à Associação Catarinense de Imprensa e eu só tenho a agradecer. Nem sei se mereço tanto”, comentou.

Um dos momentos marcantes do evento foi quando uma de suas filhas, Eloíse, falou sobre o pai e o profissional. “Não sei falar de duas coisas diferentes, porque meu pai não separa o homem do jornalista. Ele é uma coisa só. Já nasci com ele sendo este grande profissional, do qual só tenho orgulho e admiração”.

O presidente da Associação, Ademir Arnon, destacou a relevância em âmbito estadual de Arilton Barreiros na comunicação e entregou uma placa o homenageando pelos 50 anos de contribuição à informação.

Para Arilton, ver tantas pessoas que fazem parte de sua vida e de sua trajetória profissional presentes na homenagem é motivo de orgulho e faz “perceber que trilhei o caminho certo”, avalia.

PERFIL

Arilton Barreiros de Souza/ Filho de Jaime Eufrázio de Souza e Maria Zilá Barreiros

Casado com Maria de Lourdes Machado de Souza/Pai de duas filhas, Eloise e Andresa, casadas com Helio e Fernando respectivamente. Tem dois netos, Davi de 12 anos e Frederico de 9 anos.

Natural de Tubarão, onde nasceu em 7 de março de 1950.

Grau de escolaridade secundário.

Radialista desde 1964 e jornalista a partir de 1978.

Passou pelas rádios Tabajara, Tubá, Verde Vale e Santa Catarina. Fundador das Rádios Verde Vale em Braço do Norte e Tabajara FM, Hoje Nativa, em Tubarão.

Colunista do jornal Diário do Sul e 4 anos do Notisul do qual foi um dos sócios fundadores. Durante um ano foi repórter da extinta TV Eldorado de Criciuma.

Apresentou um programa na TV cabo, canal 20 em Tubarão e assina atualmente coluna semanal nos Jornais: No Ponto de Braço do Norte, Jornal da Cidade de Tubarão, O município de Jaguaruna e O Regional Sul de Armazém. Escreveu por vários anos nos Jornais Nossa Folha de Tubarão, Tribuna Sulina de Tubarão e o Popular de Imbituba. Possue atualmente também uma coluna no site ex-improviso de Tubarão.

Foi presidente da Liga Tubaronense de Futebol, presidente do seu quadro de árbitros e presidente da Junta Disciplinar Desportiva.

Participou da fundação da Combentu e das diretorias do Lar da Menina e da Apit, Associação dos Profissionais de Imprensa.

É cursilhista desde 1974 e foi vice presidente regional sul da Acaert, Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão e foi secretário do Sindicato dos Empregadores de Rádio e TV de Santa Catarina.

Na Rádio Verde Vale foi locutor e gerente da emissora de 1984 a 1994 e nestes 10 anos sempre lutou para o desenvolvimento da região.

Foi graças ao trabalho da emissora que o trevo de entrada de Braço do Norte foi mudado, a agência do INSS foi criada, as estradas de Braço do Norte a Grão Pará e de Braço do Norte a Rio Fortuna foram asfaltadas e o ginásio de esportes de Rio Bonito foi construído. Graças a emissora vários médicos migraram para Braço do Norte e o crescimento da região foi sentido por todos.

Participou das Copas do Mundo de Futebol em 1994 nos Estados Unidos, em 1998 na França e em 2006 na Alemanha.

Em 2002 lançou o livro Por uma Vida Melhor com escritos e mensagens que leu em seus programas no rádio. Foram comercializados 3 mil livros.

(ACAERT 22/10/2017)

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *