Associações internacionais debatem liberdade de expressão e futuro da radiodifusão

Durante três dias, 35 representantes de empresas de radiodifusão das Américas estarão reunidos em Bogotá, na Colômbia, para debater as perspectivas do rádio e da TV no século XXI.

 

O encontro é promovido pela Asomedios, associação colombiana de rádio e TV, e pela Associação Internacional de Radiodifusão (AIR).

A AIR representa 17 mil emissoras de rádio e TV de vários países e regiões das três Américas. A associação atua há 72 anos na defesa da liberdade de imprensa e de expressão e está realizando o evento em parceria com a associação colombiana.

Além de temas administrativos, os integrantes do Conselho Diretivo da AIR debaterão o projeto de lei peruano que restringe a publicidade oficial nos meios de comunicação privados. Considerado inconstitucional pela justiça do Peru, a campanha lançada pela AIR em defesa da liberdade de expressão na Nicarágua.

O país vem adotando, reiteradamente, atos de censura e violência contra profissionais e veículos de comunicação. Além disso, o evento também contará com a apresentação da campanha que promove o rádio livre e gratuito no celular.

Participam do encontro, o presidente da AIR José Luis Saca e os brasileiros Paulo Tonet Camargo, presidente da ABERT, Flávio Lara Resende, vice-presidente da AIR, e Roberto Franco, conselheiro da AIR.

(tudoradio.com, 06/11/2018)

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *