Até que ponto a imprensa é livre?

“A liberdade de imprensa proporciona a própria imprensa criticar o que é publicado”.

Ricardo-Toledo

Essa é uma das definições e da importância da liberdade de imprensa e expressão segundo o jornalista Ricardo Toledo em um bate-papo no programa Na cadeira do barbeiro.

Ao ser apresentado como talentoso jornalista no início da entrevista, Ricardo Toledo demonstra mais uma bela qualidade, a modéstia. Diz que se considera novo e que tem muitas coisas a fazer e aprender para fazer jus ao – talentoso.

Natural de São Paulo, há 15 anos em Florianópolis, o jovem comunicador chegou a começar a Faculdade de Publicidade. Fez apenas um ano. Aos 20 anos viajou para a Austrália onde viveu por três anos. Lá adquiriu grandes experiências profissionais e culturais.

O despertar pela arte da comunicação está diretamente relacionado à literatura. Paixão pelos livros, cultura, documentários, levaria anos à frente Ricardo Toledo a chegar aos microfones.

Quando o convidei para esse bate-papo disse a ele que tinha a intenção de além de ouvir a sua história trazer a tona um assunto delicado: Até que ponto a imprensa é livre quando ela por vezes é financiada por quem não tem interesse que certas coisas sejam divulgadas? A decisão final fica na mão dos editores ou dos meios que talvez não tenham tantas ligações diretas?

Toledo decidiu pelo jornalismo aos 30 anos de idade. Aluno da Unisul e com sua primeira experiência nos microfones na rádio UDESC, ele foi em frente.

Hoje na rádio Guarujá de Florianópolis produz e apresenta programas. Podemos ouvi-lo de segunda a sexta-feira das 15h às 17h. E aos sábados a cada duas semanas no quadro Revista.

Ricardo não se intimida ao falar de erros da imprensa e de quanto ela precisa melhorar, mas afirma sua paixão pelo jornalismo e aprecia como a população está cada vez mais atenta aos assuntos que envolvem a sociedade.

Dessa vez não nos microfones da Guarujá, mas Na cadeira do barbeiro na rádio Luar FM compartilho com vocês mais um “livro” que se abre aqui no Caros Ouvintes. Ricardo Toledo está nos primeiros anos de uma longa e encantadora estrada. Vamos ouvi-lo!

Programa Na cadeira do barbeiro

Rádio Luar FM 98,3 ou: www.radioluar.com.br
Todas as segundas feiras das 18h às 19h.
Texto (acima), produção e apresentação: Deivison Pereira
Coordenação da rádio: Cristiano Souza e Geane Machado
Apoio e fotografia: Marcos Vinícius Pereira

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *