Áudio de 1974: Silvio Santos faz homenagem a comunicadores do rádio

No início da segunda metade do século XX, era comum os apresentadores de programas musicais de rádio serem chamados de disc-jóqueis.

Silvio Santos (D) ao lado da filha Rebeca Abravanel (E)

Silvio Santos (D) ao lado da filha Rebeca Abravanel (E)

As atrações que lançaram, por exemplo, os cantores da Jovem Guarda eram comandadas por comunicadores que, a partir dos anos 1970 e gradativamente, foram assumindo modelos de programação com mais conteúdo falado e menor quantidade de músicas. Mesmo com a mudança no formato, o termo disc-jóquei ainda era usado por emissoras e ouvintes, quando se referiam aos apresentadores.

Em uma das faixas do LP “Silvio Santos e Suas Colegas de Trabalho”, gravado pela RCA Victor em 1974, Silvio, que, na época acumulava as funções de apresentador de rádio e de televisão, gravou uma homenagem para os principais comunicadores radiofônicos da primeira metade dos anos 1970 nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo. A letra da música afirmava que “Haroldo de Andrade, é coisa nossa. Barros de Alencar, é coisa nossa; Paulo Giovanni, é coisa nossa…”. Seguia com homenagens para Hélio de Araújo, Paulo Moreno, Omar Cardoso, Marcos Baby Durães e Odair Marzano.

O rádio faz história

Com colaboração do radialista, escritor e especialista em mercado da comunicação Fernando Morgado, o quadro ‘O rádio faz história’, do programa Todas as Vozes desta terça-feira (16) mostra o áudio com a homenagem de Silvio para os radialistas. Fernando e o apresentador Marco Aurélio Carvalho contam também curiosidades sobre as músicas gravadas por Silvio, inclusive as famosas marchinhas de carnaval.

O programa Todas as Vozes vai ao ar de segunda a sexta-feira, de 7h20 às 10h, na Rádio MEC AM do Rio de Janeiro 800 kHz, com apresentação do jornalista, professor e radialista Marco Aurélio Carvalho.

(Por Radio Mec, 16/02/2016)

Categorias: Tags: , , , ,

Por Fernando Morgado

Fernando Morgado é palestrante, consultor, professor da FACHA e professor convidado de instituições como Universidad Autónoma Metropolitana do México, ESPM e PUC-Rio. Autor do livro biográfico "Silvio Santos: a trajetória do mito" (Matrix, 2017). Tem outros seis livros como autor, coautor e colaborador. Mestrando em Gestão da Economia Criativa, pós-graduado em Gestão Empresarial e Marketing e graduado em Design com Habilitação em Comunicação Visual e Ênfase em Marketing pela ESPM. Entre suas atividades comunitárias, é articulista voluntário no site do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *