Por Fernando Góes

Meia Voz

Meia hora, meia volta, meio dia, meia luz, meias palavras, meia roda, meio a meio. Por Fernando Góes Meio do dia, meio sem jeito, meio sem querer, meio do fim. Fim de semana, fim de tarde, fim de feira, fim de ano, fim do mundo, fim dos fins. Gran finale do início. Recomeço, retomada, reaver, […]

SOM X IMAGEM II

O som é ar, a imagem condicionada. O som vaga, a imagem vaga-lume. O som não tem papas na língua, a imagem fala por si só. O som é locutor, a imagem apresentador. Por Fernando Góes O som é “um minuto de silêncio”, a imagem “muitos minutos em silêncio”. O som enche a boca, a […]

MOMENTO POMERANO ESTÁ NO AR

Assim que li a matéria, decidi que o caro ouvinte deveria saber do que se trata. Afinal, a idéia é muito interessante. Em Vila Pavão, município da região Noroeste do Espírito Santo, a única rádio local, a Comunitária FM veicula diariamente das 7h às 8h, um programa exclusivamente relacionado à cultura pomerana. Por Fernando Góes […]

SOM X IMAGEM

O som faz fugir. A imagem é preguiça, não tem para onde fugir. O som tem início, meio e fim. A imagem é pra sempre, cansa. Por Fernando Góes O som é auto falante, a imagem silêncio. O som é 360º. A imagem 180º. O som é curva, a imagem reta. O som é nu, […]

UM CONVITE À REFLEXÃO

Caros ouvintes. Mais um texto para ser veiculado no rádio. Um convite à reflexão. Dias desses acordei no meio da noite com uma dor nas costas. O que poderia ser? Logo pensei. Tudo, menos simplesmente um mau jeito. O sono se foi, mas uma imagem veio. A do Cristo na cruz, no altar da igreja […]

ENTROU FORMIGA NA FITA

Caro ouvinte segue outra história para ser veiculada no rádio. A idéia de programas que narrem histórias hilárias pode dá samba. Porque não? Tem que caprichar na produção, viajar no texto para fisgar a atenção e fechar com um locutor que interprete bem bacana. Por Fernando Góes Que formiga, que fita? Estamos diante de mais […]

A REVANCHE – ÚLTIMO CAPÍTULO

Caro ouvinte, caríssimo Oswaldo. A REVANCHE não está ao “Deus dará”. Eu não os abandoneis (mesmo sem dar o ar da graça há um tempinho). E por falar em graça, quem dá o ar da graça no último capítulo de A REVANCHE é a Graça, a servente do banco, que se aproxima da lixeira com […]

A REVANCHE 4

A revanche parou. Afinal, o amedrontado do Oswaldo precisava de um tempo. O suor corria-lhe à testa e a adrenalina, no sangue. Mas a revanche precisa continuar. Oswaldo enfia a mão no bolso esquerdo de sua calça, arregala mais os olhos, abaixa o olhar em direção ao bolso. Por Fernando Góes O movimento faz com […]

A REVANCHE 3

A revanche está reiniciando. Exatamente às 8:47 quando perguntei para a mocinha da recepção, a Ana (confesso que nem pensei em tomar coragem para fazer as perguntas que fiz, mas fiz).  – Ana, deixa eu te fazer uma pergunta. Você é uma mulher bonita, simpática com um sorriso maravilhoso, mas juro que não é paquera. […]

A REVANCHE 2

Caro ouvinte, antes de prosseguir a leitura, sugiro que leia o texto anterior com o título “A revanche”. Abri os olhos. O coração batia mais rápido. Outro presságio por vir? Não, dessa vez foi pesadelo mesmo. Por Fernando Góes E tinha acabado de acontecer. Estava fugindo de dois caras numa floresta (caro leitor, permita-me abrir […]