Por Laudelino José Sardá

Legado e lições de Salim Miguel

Dezembro de 1979 se aproximava e a noite já fatigava a redação de O ESTADO, quando o telex anunciava o vencedor do Prêmio Nobel de Literatura, o poeta grego Odysséas Elýtis, de quem eu e o restante da redação nunca ouvimos falar.   Liguei para a casa de Salim Miguel que bastou ouvir o nome […]

Eu e nós jornalistas

Ao contrário do jornal, que se desnutre no cenário ainda impactado pelo avanço tecnológico, o jornalista está firme. O que falta, realmente, é a readequação dos meios de comunicação de massa ao novo tempo, à nova realidade, principalmente em nível de conteúdo.

A RBS e o garimpo

Em 1979 não havia escola de comunicação em Santa Catarina, mas muitos talentos se destacavam no jornalismo, até porque o jornal O ESTADO havia também importado, no começo dos anos 70, muitos profissionais do PR, SP, RJ e, principalmente, do RS. Esses profissionais mudaram suas identidades e abraçaram com paixão as causas e a cultura […]

A crise moral e a hipocrisia política

A nação se violenta e se adultera no cinismo de uma inconsciência dos valores morais e éticos, sem perspectivas de acordar-se para uma realidade doentia. Os três poderes institucionais, sufocados na afluência de mentiras e socorros aos interesses sórdidos do corporativismo e amarras políticas, são na verdade as raízes da crise moral e das incertezas […]

Sou grato pela homenagem, afinal são 50 anos abraçando as causas da sociedade

Nós jornalistas precisamos ir além: exercer a crítica abraçando as causas da sociedade. Não existe jornalismo imparcial, pois está justamente na parcialidade o nosso papel de defender a sociedade.

Os políticos sabem o que é ser Catarina?

Certa vez ouvi um empresário questionar por que a nossa bela e Santa Catarina precisa valorizar e bajular tanto os quem vêm de fora, principalmente gestores de mídia? E um escritor, na roda, antecipou-se: “os políticos não sabem o que é ser Catarina”. Basta uma ave de arribação fazer brilharem os olhos de um deputado […]

Os dinossauros ainda têm muito para ensinar

Certa vez me perguntaram por que jovens não leem mais jornais. Respondi que, na minha época, as novas gerações também não tinham muita intimidade com o manuseio de diários impressos. Ah, mas havia jovens politizados com ideias avançadas. Sim, claro, não temos mais Daniel Cohn-Bendit, da rebeldia de Paris em 1968, e nem os líderes […]

O amigo Salim

A grande maioria dos catarinenses conhece Salim Miguel pelas suas magníficas obras. Mas eu acrescentaria outras virtudes deste amado mestre e grande amigo. Salim é um dos grandes conhecedores da literatura brasileira e de muitos outros países. Certa vez, no começo dos anos 1980, o telex (aparelho que nos enviava notícias internacionais e nacionais) comunicava, […]

Rádio é vida. Afetividade pelo verbo. Espetáculo verdadeiro!

O rádio é divino. Prevalecem o verbo, a mensagem. Você pode estar de bermuda, descalço. E até nu no estúdio. Não importa. O que vale é a sua capacidade de convencer o ouvinte pelo verbo, pelo conteúdo. Não vale a empolgação pela gravata, lábios avermelhados, penteados exclusivos. Nada disso interessa ao rádio. A afetividade pelo […]

Falso amanhecer

L.J.Sardá Não há dúvida de que a colocação de a melhor capital para se viver no Brasil destaca mais uma vez a nossa Florianópolis. Contudo, é preciso analisar bem a pesquisa que apresenta o Índice de Desenvolvimento Humano. Na questão da longevidade, a nossa cidade ficou em centésimo quadragésimo sétimo lugar, ou seja, fora das […]