Por Marilange Nonnenmacher

Aqui “jaz” um Coreto

Caros leitores, sinto-me enlutada! Coberta por um véu negro a velar por mais um bem histórico à beira de um abafado sepultamento. Humm… Pode parecer uma representação excessivamente metafórica e abusada, no entanto é o que sinto ao deparar-me com lugares repletos de histórias, no entanto vazios e descolados do cotidiano da cidade, como o […]

Caminhos do vento

Caros leitores, eu aprecio “por demais” o burburinho incansável do centro de Florianópolis aos sábados pela manhã. Principalmente ao me deparar com cenários mágicos e musicados que denotam os hibridismos culturais contemporâneos que nos envolvem.

Eu toquei no pé direito de Jesus

Caro leitor, sábado acompanhei o translado de Nosso Senhor dos Passos até a Catedral Metropolitana de Florianópolis, rito que representa o caminho de sofrimento, crucificação, morte e ressurreição de Cristo.

Timbuka ou Miramar?

Caros leitores: fiquei assombrada ao ler uma matéria do Zero Hora, de 11 de abril de 2008, que anunciava “as últimas horas do Bar Timbuka”, um estabelecimento localizado na orla do Rio Guaíba e que acumulava 40 anos de histórias de Porto Alegre. Infeliz coincidência com o desfecho do memorável Trapiche Miramar em Florianópolis? Por […]

Dominódromos Dominantis: o dominó no centro da história

Caros leitores, escorada na soleira de uma janela centenária de um dos casarões da Praça XV de Novembro, observando seu entorno, vi que o “dominódromo” ali em frente, anda apinhado de gente! Ô joguinho bom este!  Por Marilange Nonnenmacher Uma das singularidades de Florianópolis são as várias mesas de pedra, espalhadas pelo centro histórico e […]

Trapiche Miramar: uma arena de criação

Caros leitores, esta semana passeei entre as colunas desérticas do Memorial ao Miramar. Onde fica? Ali! Na Praça Fernando Machado. Trata-se daquele monumento construído em homenagem ao saudoso Trapiche “assassinado” em 1974 – como disse Adolfo Zigelli. Por Marilange Nonnenmacher Bem, não consigo deixar de sentir saudades desse lugar que nem mesmo conheci, mas que […]

Eu nunca fui anjo de procissão

Caros leitores, neste sábado fui para frente da Catedral Metropolitana receber a procissão de Nosso Senhor dos Passos que saiu do Hospital de Caridade. Quantas crianças vestidas de roxo, quantas velas gigantescas, quantas coroas de espinhos, quantos pés descalços. Por Marilange Nonnenmacher Sempre fui uma curiosa no que tange a fé e verifiquei que ela […]

A saudade em pinceladas

Caros leitores, hoje assisti a uma defesa de doutorado cujo tema central circundava uma artista plástica local chamada Valda Costa. A autora, Jacqueline Wildi Lins, recuperou parte do rico acervo e contou um pouco da história dessa artista que circulava pela Floripa das décadas de 70 e 80, mas que se mantém no imaginário da […]

Das cinzas não voltarás

Caros leitores, foi-se o carnaval. Eu lhes escrevo numa quarta-feira de cinzas para lembrar que do pó viemos, ao pó voltaremos. Mas de qual cinza estamos falando? Daquela obtida na queima das palmas usadas no Domingo de Ramos do ano anterior? Por Marilange Nonnenmacher Que marcada na testa, durante os cerimoniais católicos, serve para lembrar […]

A arte encantadora das ruas de Florianópolis

Olá caros leitores, voltei de férias e, por favor, me imaginem daí dando aquela gostosa espreguiçada. Tive muito tempo para pôr em prática o mais curioso dos hobbies, ao qual me dedico: a arte de flanar. Por Marilange Nonnenmacher Como disse João do Rio: “eu amo a rua”. É nesse burburinho incansável e exagerado onde […]