Banda larga móvel no mundo chega a 78%

MILTON – Bom dia, Ethevaldo, como vai?

ETHEVALDO: Bom dia, Milton, bom dia, ouvintes. Tudo ótimo.

MILTON – Ethevaldo, você tem algum estudo sobre a situação da banda larga no mundo?

ETHEVALDO – Acabo de receber o mais atualizado deles, Milton, um estudo da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), que mostra a penetração surpreendente da banda larga móvel no mundo – que é hoje de 78,2% em todo o mundo.

Os dados da pesquisa se referem a junho de 2014. Isso, significa uma densidade de mais de 3 acessos em banda larga móvel para cada 4 habitantes do planeta.

E a taxa de crescimento anual desse setor é da ordem de 11,9%. Mas o estudo não menciona especificamente a situação do Brasil em banda larga móvel.

MILTON – E quais são os países com melhor situação segundo esse estudo da OCDE?

ETHEVALDO: Sete países contam com um número de acessos em banda larga móvel superior à população, ou seja, uma penetração acima de 100% — Milton. Esses países são: Coreia do Sul, Finlândia, Japão, Austrália, Suécia, Dinamarca e Estados Unidos.

MILTON – E, para comparação, quais são os dados brasileiros segundo a ANATEL?

ETHEVALDO: Segundo a agência reguladora, o Brasil conta hoje com uma penetração da banda larga móvel de 137,96% — incluindo aí até os celulares de segunda geração ou 2G.

É um dado surpreendente, Milton. E, se os critérios de levantamento da ANATEL forem os mesmos da OCDE, o Brasil estará entre os países com maior penetração de banda larga móvel no mundo.

MILTON – E quanto à banda larga em geral, com velocidade acima de 4 Megabits/segundo, sem distinção de fixa ou móvel, qual é a posição do Brasil ?

ETHEVALDO – Nesse caso, a penetração brasileira cairia para 77,44% — mas, ainda assim, o Brasil estaria em boa posição no mundo, ou seja, em 14º lugar no ranking mundial da OCDE, acima de Espanha (com 73,3%) e atrás do Reino Unido (com 79,6%).

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *