Bom e bem feito

Aliás, “tudo que merece ser feito, merece ser bem feito”. O conceito é antigo e a frase é atribuída a diferentes autores. Independente de autoria, importa o que ela representa para cada um de nós.

Mário Neves, presidente do Congresso

Mário Neves, presidente do Congresso

Bom e bem feito foi o 15º Congresso Catarinense de Rádio e Televisão, realizado de sete a nove de agosto no centro de eventos do Costão do Santinho, no norte da Ilha de Santa Catarina, pela Acaert – Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão.

Na entrevista que concedi à WebRadio WRBrasil, do jornalista e agora radiodifusor Marcelo Fernandes Corrêa, no início da noite de sexta-feira, disse que se tratava de um evento maduro, e me surpreendi com a observação quando ouvi a matéria singrando as veias infinitas do mundo virtual.

Me surpreendi com a imagem que me veio à mente. Sou um emérito frugivero e logo pensei em árvores frondosas vergando sob o peso generoso de saborosos  frutos prontos a saciar os mais exigentes paladares.

Ainda bem que logo me refiz e dei-me conta de que a riqueza do evento estava mais além da imagem concebida, embora procedente e positiva.

Longe de ser surpresa, a realização representava o grau de esmero com que vinha sendo executada por dezenas de pessoas que trabalharam do planejamento à entrega do produto final. E foi show.

Convidado, na condição de homenageado fui receber a Comenda Acaert, que muito me lisonjeia e lá permaneci por três noites e dois dias fazendo o que mais gosto: observar e conversar sobre mídia, particularmente, radiodifusão – rádio e televisão.

O congresso, nesta versão 2013 – além do programa de palestras, premiações, atrações de lazer e feira de equipamentos e tecnologia, para mim, tem mais dois marcantes pontos positivos: liberação de convites gratuitos para acadêmicos de comunicação e o registro total, em gravação de áudio e vídeo da totalidade do evento. Isso, de imediato, abre a possibilidade de que ainda na atual diretoria, tenhamos o lançamento do Memorial da Acaert onde se registrarão todos os atos públicos da entidade daqui para a frente. Esta, pelo menos é a nossa sugestão. Nossa, porque minha e do Instituto Caros Ouvintes.

Estão de parabéns, mais uma vez o presidente Pedro Peiter e sua diretoria e o presidente do Congresso, Mário Neves e sua equipe.

Categorias: Tags: , ,

Por Antunes Severo

Radialista, jornalista, publicitário, professor e pesquisador é Mestre em Administração pela UDESC – Universidade do Estado de SC: para as áreas de marketing e comunicação mercadológica. Desde 1995 se dedica à pesquisa dos meios de comunicação em Santa Catarina. Criador, editor e primeiro presidente é conselheiro nato do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *