Brasil avança duas posições no ranking de governo eletrônico

Pesquisa sobre Governo Eletrônico das Nações Unidas deu ainda destaque para dois portais nacionais brasileiros.

Mídia | Michelle Alves de Lima, para a Rádio ONU em Nova York*

Uma pesquisa das Nações Unidas sobre governo eletrônico colocou o Brasil na 59ª posição do ranking  global com mais de 180 países. Segundo a edição de 2012 do estudo, o Brasil subiu dois degraus se comparado ao resultado de 2010. Os destaques foram dois portais públicos, o brasil.br e o portal do Ministério do Meio Ambiente. No topo da lista de países com melhores governos eletrônicos estão a Coreia do Sul, a Holanda e a Grã-Bretanha. Por governo eletrônico, entende-se o acesso do cidadão a informações na Internet, e os serviços disponíveis online que facilitam a comunicação dos governos com a população.

A colocação dos países no ranking de governo eletrônico é determinada pelo índice de desenvolvimento, um indicador que avalia a disposição e capacidade dos governos de usar informação e tecnologias para fornecer serviços públicos.

A Pesquisa sobre Governo Eletrônico das Nações Unidas é produzida pela Divisão para Administração Pública e Gestão do Desenvolvimento, que faz parte do Departamento para Assuntos Econômicos e Sociais da ONU.

De acordo com o subsecretário-geral das Nações Unidas para Assuntos Econômicos e Sociais, Sha Zukang, “o crescente papel do governo eletrônico na promoção do desenvolvimento inclusivo e participatório está de mãos dadas com a crescente procura por transparência e responsabilidade em todo o mundo”.

A publicação recomenda que os governos coloquem mais ênfase no governo eletrônico, além de integrar a administração e prestação de serviços.

O objetivo é tornar a gestão pública eficaz e legítima, para que ela tenha um crescimento inclusivo e equitativo para todos.

A pesquisa, em inglês, pode ser baixada pelo site www.unpan.org/e-government

*Apresentação: Leda Letra

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *