Brasilidade e embelezamento: o canto orfeônico e a assepsia dos gestos corporais

Cristina Iuskow é doutoranda em História na Universidade do Estado de Santa Catarina. No momento está pesquisando as relações políticas entre Brasil e Portugal nas décadas de 1960 e 1970.

DSCN1035

Cristina Iuskow

Possui graduação em História pela Universidade Federal de Santa Catarina (1998) e mestrado em História pela Universidade Federal de Santa Catarina (2001), no qual trabalhou com as políticas culturais do Governo Vargas, no que diz respeito a prática do canto orfeônico e na forte preocupação de utilizá-lo para produzir corpos disciplinados, moralizados e embelezados num momento de construção da brasilidade.

Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil República, atuando principalmente nos seguintes temas: história do tempo presente, relações entre Brasil e Portugal, impressos, nacionalismo e brasilidade. Trabalhou como docente do Ensino fundamental e médio na Rede Estadual de Ensino de SC e também em curso de graduação em História.

Resumo da Obra:

Este trabalho se desenvolve em tomo da prática do canto orfeônico, no período entre 1930-1945, marcada pela ditadura de Getúlio Vargas, prática esta que se constitui nas apresentações de canto de milhares de vozes amadoras, sobretudo infantis, entoando músicas de teor fortemente nacionalista, que exaltavam as belezas naturais do país e também hinos religiosos. O estudo da prática do canto orfeônico neste trabalho, é percebido através do tratamento direcionado ao corpo no interior dos ensaios e manifestações, num momento da história do Brasil que a busca pela perfectibilidade da raça era tema frequente dos discursos dos intelectuais do país, e das práticas de médicos e eugenistas. Nestas manifestações, havia forte preocupação com corpos disciplinados, moralizados e embelezados, o que resultaria em gestos precisos e ordenados, ou numa assepsia dos gestos, preparando seus componentes para um convívio “harmônico” na sociedade.

Faça download aqui da Dissertação Brasilidade e embelezamento: o canto orfeônico e a assepsia dos gestos corporais ou veja abaixo

 

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *