Bráulio Prado, de cantor a pianista renomado

Numa época em que a programação no rádio era feita basicamente com música e os grandes astros estavam no Rio de Janeiro e São Paulo, de onde partiam as grandes campanhas promocionais das músicas que gravavam, fazer sucesso com música regional era desafio que poucos artistas tinham condições de enfrentar com sucesso, A dupla sertaneja Belarmino e Gabriela é um bom exemplo de talento e capacidade para se destacar entre os melhores.  Os programas da dupla nas noites de domingo eram garantia de auditório sempre lotado.

Nhô Belarmino compunha a maioria das músicas que interpretava com sua mulher, Nhá Gabriela. É dele uma das primeiras manifestações em defesa dos pássaros que vivem presos em gaiolas. Com titulo de “Passarinho Prisioneiro”, a música de Belarmino comoveu milhares de ouvintes e permaneceu durante muito tempo como uma das preferidas do público.

A programação da Rádio Guairacá, quase toda ela realizada no auditório com público presente, era uma das atrações noturnas da cidade. Os grandes programas eram exibidos as terças, quintas, sábados e domingos. Na terça-feira, “Vai Levando”, um programa cheio de bom humor com Kit Abdala; quinta-feira, o excelente locutor Júlio Xavier Vianna apresentava, “Caixa de Surpresas”. Na sexta-feira o jornalista José Wanderley Dias, produzia o programa “Tronco dos Pinheirais” focalizando personalidades de destaque na vida paranaense.

Apresentado pelo locutor Júlio Xavier Vianna, as apresentações contavam sempre com a presença de familiares do homenageado que recebiam um diploma da produção do programa.

No sábado, a Guairacá transmitia o show da Boate Marrocos na Praça Zacarias. A emissora tinha um acordo com a direção da boate. A rádio transmitia os shows de sábado e ganhava exclusividade, sem custo, para apresentar em seus programas de auditório, os cantores nacionais que animavam a noite curitibana.

No domingo, pela manhã, Aluízio Finzetto dominava a audiência com dois programas de auditório: Clube Mirim M-5 e Clube Juvenil M-5, nos quais se apresentavam futuros astros da música. No Clube Mirim M-5, surgiu um dos melhores músicos do Paraná: Bráulio Prado. Ainda criança se apresentava imitando o cantor norte-americano, Bob Nelson e tocando acordeão.

Mais tarde Bráulio Prado se dedicou ao piano e conquistou um lugar de destaque entre os melhores na modalidade.

(do livro Sintonia Fina – Jamur Jr)

2 respostas
  1. Nercival Cezar says:

    Solicito o e-mail do sr. Braulio Prado – Pianista, fui colega dele no Colégio Novo Ateneu e cantamos juntos no coral desse Colégio, como sou musico gostaria manter contato novamente com ele para atualizarmos os endereços.
    Agradeço.
    Nercaival Cezar Mendes da Rosa

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *