Caixa Eletrônico

Último dia útil do mês. Atrapalhada, a mulher tentava conciliar a profusão de contas a pagar e sua visível inexperiência com caixas eletrônicos. Atrás dela, um casal de surdos-mudos conversava na linguagem dos sinais. Enquanto a mulher se batia, o casal iniciou um caloroso debate sobre sei lá eu o quê. De repente ambos discordaram e passaram a brigar. Um interrompia o outro no meio da frase, cada qual tentando ganhar a discussão. Pareciam gritar tamanha a rapidez e amplitude dos gestos. O silêncio, quebrado pelo som hesitante das teclas do caixa eletrônico, foi-se tornando constrangedor já que não combinava com a cena. Eu, a terceira da fila, cada vez mais irritada com a demora da mulher e com aquele debate tão acalorado quão silencioso, pensei: – Papo mais chato!

 

Categorias: , Tags: ,

Por Antunes Severo

Radialista, jornalista, publicitário, professor e pesquisador é Mestre em Administração pela UDESC – Universidade do Estado de SC: para as áreas de marketing e comunicação mercadológica. Desde 1995 se dedica à pesquisa dos meios de comunicação em Santa Catarina. Criador, editor e primeiro presidente é conselheiro nato do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *