Os jornais, as primeiras redes e o lugar Florianópolis

O poder público teve papel fundamental na introdução de novos serviços e tecnologias em Florianópolis, geralmente na frente de outras cidades catarinenses. Foi assim com os jornais, criados por interesses políticos e com o telégrafo, implementado para comunicação do governo local. O primeiro periódico a circular em Florianópolis surgiu em 28 de julho de 1831, […]

A imagem do rádio: estudo de caso Rádio Globo

Ao longo de praticamente toda a sua história, o rádio foi definido como um meio exclusivamente sonoro. Isso mudou com a chegada da internet, formadora de uma verdadeira melting pot das mídias, e a universalização dos devices móveis, que renovaram a relevância e a popularidade do rádio.

Ano para reinventar a comunicação

O ano de 2016 não foi fácil. Para o setor de comunicação, então, nem se fala. Veículos importantes encerraram suas atividades ou reduziram drasticamente suas estruturas, o investimento publicitário encolheu, e os consumidores consolidaram novos hábitos na hora de se informar e se divertir. Trata-se, portanto, de um cenário que vai muito além da crise […]

Afinal, o que significa qualidade na televisão?

No primeiro episódio da nova temporada da série americana Unreal – cujo mote é a exibição cruel dos bastidores nada éticos de um reality show casamenteiro -, os produtores debatem sobre o que seria um programa de televisão de impacto e o que seria um programa de qualidade. Há uma disputa interessante sobre “fazer a […]

Jornal Zero agora é parte da hemeroteca catarinense

No dia 7 de junho de 2016, a Biblioteca Pública de Santa Catarina entregou à coordenação do Curso de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina o DVD com as edições digitalizadas da coleção do periódico Zero – jornal laboratório do curso que começou a circular em 1982. A entrega ocorreu em evento de comemoração […]

Roberto Landell de Moura: O pioneiro brasileiro das comunicações

O artigo faz uma reflexão historiográfica sobre o papel de Roberto Landell de Moura no desenvolvimento das tecnologias relacionadas à radiodifusão e às telecomunicações.

Revista Luso Brasileira é tema de tese de doutorado

Pesquisadora Cristina Iuskow redescobre a Revista Luso Brasileira, dirigida pelo jornalista português Mario Fernandes Dias. Editada em Florianópolis, a revista circulou de 1961 a 1979 com distribuição local, nacional – nas principais capitais brasileiras – e em Portugal, além de outros países de língua portuguesa. A revista primava pela apresentação de matérias sobre hábitos e […]

Brasilidade e embelezamento: o canto orfeônico e a assepsia dos gestos corporais

Cristina Iuskow é doutoranda em História na Universidade do Estado de Santa Catarina. No momento está pesquisando as relações políticas entre Brasil e Portugal nas décadas de 1960 e 1970. Possui graduação em História pela Universidade Federal de Santa Catarina (1998) e mestrado em História pela Universidade Federal de Santa Catarina (2001).

José Edmar Predebon: eu estou só me divertindo

Estas matérias que venho rotulando com o carimbo “Ponto de Encontro”, são mais um exercício de comunicação do que propriamente matéria jornalística. Não tem estúdio, não tem tratamento acústico, não tem nem microfone.

A televisão em Santa Catarina

Em Santa Catarina, segundo Antunes Severo, a TV chegou em 1955/56 para a primeira demonstração. Buscando esclarecer ainda mais este início, Cárlida Emerim e Beatriz Cavenachi escreveram um artigo que propõe restabelecer uma parte da história de implantação das emissoras de televisão em Santa Catarina.