Silvio Loddi – Rádio Criativo: Emoção

Dia desses conversando com estudantes no intrvalo e uma palestra, de repente aparece a palavra emoção. Emoção todos nós sentimos, mas parece que na juventude ela é ainda mais transbordante. E o curioso é que o exemplo citado na hora foi verdadeiramente contundente: “cara, emoção é um desmonte, é um abalo sismíco que atinge a […]

Preparar, apontar, falar!

Comunicar não é só chegar, ler um texto e pronto. É necessária uma preparação. Antes de tudo, precisamos conhecer um pouco de oratória. Oratória é a arte de falar em público. O bom de ser uma arte, é que envolve muito mais emoção do que técnica.

Rubro-negro apaixonado

História de narrador de futebol, apaixonado por determinado time, é coisa antiga. Uma das figuras mais expressivas na crônica esportiva em toda a historia da radiofonia paranaense, foi Rinoldo Cunha. Entre suas grandes paixões se destacavam; cantar tangos e boleros e torcer pelo Clube Atlético Paranaense.

Papo Livre – 61

Eu vi uma propaganda na televisão em que um cara vai correndo e, numa curva, dá uma cabeçada num poste indo parar no chão. Eu tive que rir, porque isso uma vez aconteceu comigo, faz muitos anos, quando eu estudava no Ginásio Paranaense, hoje Colégio Estadual do Paraná.

Popo Livre – 60

Saudoso “daqueles tempos que não voltam mais”, Ubiratan Lustosa nos brinda hoje com mais uma agradável crônica apresentada no seu programa dominical da Rádio Educativa do Paraná. O tema são os namoricos do Cine Luz quando ainda era “Ali na Praça Zacarias” e que aos domingos lotava os seus mais de 1.600 lugares.

Faltou o Rádio

Na década de sessenta, quando a televisão no Paraná, dava seus primeiros passos, o jornalista Luiz Renato Ribas lançou a revista TV-Programas. Um bom espaço da revista era reservado para o Horóscopo, assinado por Yuri de Nostradamus. Jamur Júnior

As pessoas não entendem nada, nada, nada. É uma ignorância*

Recentemente, Pedro Bial, apresentador do BBB, concedeu ao jornalista Mauricio Stycer, do Portal IG uma esclarecedora entrevista*, que até resultou na mudança de comportamento dos apresentadores de telejornalismo da emissora, entrevista de onde pinçamos algumas afirmações no mínimo curiosas. Vamos a elas. Por J. Pimentel

Finalmente!

A.N. Vignale* É. Finalmente a Justiça, através de sua mais alta corte, resolveu pôr fim a absurda exigência de diploma para o desempenho da profissão de jornalista no Brasil. Custou-se a entender que o jornalista (assim como o ator, a atriz, o cantor, o músico, o artista plástico) independem de diploma para que tenha seu […]

Rápida e “gostosa” viagem ao Sul!

Como é bom rever amigos e revisitar lugares que trazem boas e caras lembranças. Passei um fim de semana muito movimentado em Curitiba. No dia 27 de março participei de um evento que marcou a apresentação do DVD do meu depoimento sobre minha carreira profissional.

O futuro do rádio

É muito difícil o veículo rádio um dia desaparecer. Acredito que ele vai estar sempre se adaptando aos novos tempos. Hoje, mesmo com outras formas de comunicação e entretenimento, o rádio se mantém, cumprindo bem o seu papel.