A voz da velha guarda

Caros Ouvintes lança série de e-books sobre profissionais da comunicação de Santa Catarina. “Astros e Estrelas’ é o nome de uma das seções mais acessadas no site do Instituto Caros Ouvintes (ICO) e a partir de agora também é o título da série de E-books (livros digitais) que a entidade lançou no dia 7 de […]

Instituto Caros Ouvintes lança série de E-books sobre profissionais da comunicação de Santa Catarina

Volume 1 de Astros e Estrelas conta, em material inédito, a trajetória de seis profissionais que fazem parte da história da mídia catarinense.

Ascânio Seleme: Gestor com faro de repórter

Ascânio Seleme tinha 16 anos e nem sabia que profissão teria quando viu o nome impresso pela primeira vez em um jornal. Foi em 1972, no Correio do Norte, semanário de sua cidade natal, Canoinhas.

Meyer Filho

Ernesto Meyer Filho o pintor, desenhista muita gente conhece, mas Meyer também publicou charges no início da carreira no jornal O Estado.   Nascido em Itajaí – SC, no dia 04/12/1919. Aos 4 anos mudou-se com a família para Florianópolis, ano de seu primeiro desenho, “Pesca de Tainhas”, que havia assistido na Praia dos Ingleses. Aos […]

Paulo Tapajós: sua história se confunde com a história do rádio no Brasil

Um homem do rádio. O produtor em destaque neste Memória Rádio Mec não apenas fez rádio no Brasil, mas podemos dizer que ele foi um dos que fez o rádio brasileiro; que deu forma, vida e cor à maneira como o Brasil conheceu o rádio em sua era de ouro: Paulo Tapajós.

Morre fotógrafo que ‘apresentou’ a neve de São Joaquim ao país

Totó Godoy fez história: na década de 1960, com sua primeira câmera, registrou e mandou foto da neve para a revista O Cruzeiro.

Os 95 anos de Ody Varella

Nesta quinta-feira, 3, o administrador e contabilista Ody Varella, comemora 95 anos. Nasceu em novembro de 1921, na cidade de Tijucas, filho de Ivo Varella e Judith Silva Varella.

Pioneiros do Fotojornalismo: Paulo Dutra

Manezinho da Ilha, começou a fotografar aos 17 anos e diz que chegou a ser o “fotógrafo mais vem pago do Sul do Brasil”. Atuou em jornais diários, na revista Manchete e nos Governos Federal e do Estado.

Jornalista José Nazareno Coelho

Aos 18 anos Nazareno Coelho inicia a mais longa jornada de sua vida profissional ingressando como técnico de som (operador de áudio) na Sociedade Rádio Guarujá – a mais popular – como era conhecida a pioneira e então única emissora de rádio da Capital.

Pioneiros do Fotojornalismo: Osvaldo Nocetti

Enquanto no jornal O Estado se formava a equipe pioneira no fotojornalismo de Florianópolis, outros profissionais atuavam nas sucursais instaladas na Capital, incorporados ao esforço pela captação da imagem visando a informação jornalística.