Geraldo Nilson, o desbravador da mídia revista em SC

A vida profissional para Geraldo Nilson de Azevedo começou aos nove anos de idade no vasto mundo da comunicação como office boy da UPI – United Press International. As notícias internacionais chegavam ao responsável pelo escritório da UPI em Recife, transmitidas em código Morse, desde os Estados Unidos. As notícias eram decodificadas e traduzidas para […]

8 Masters e 1 Coringa

Escondida por este quase enigmático título está a história de um grupo de colegas e amigos, publicitários profissionais, que contrariando generalizadas contradições, resolvem se encontrar depois de 40 anos de se haverem conhecido.

A mitologia da revolução

Está na TV (ou estava até outro dia) uma campanha publicitária em que um automóvel promete entregar a revolução na garagem do freguês. Parece uma insanidade, mas o slogan é este mesmo: “A revolução na sua garagem”. Na propaganda, o carro viaja no tempo e aparece em momentos históricos ditos revolucionários. A Revolução Francesa é […]

Justiça merecida

O jornalista João Décio Machado Pacheco escreveu o texto abaixo, publicado no facebook por sua filha Lili Macedo. Republicamos aqui no Caros Ouvintes como forma de compartilhar estas memórias e a homenagem de Pacheco ao presidente do Instituto Caros Ouvintes, Antunes Severo. No último dia 23 de março, mais um destaque ultra merecido – titulo […]

Publicitários se congregam para ressuscitar associação profissional

A Associação Catarinense de Propaganda – ACP, criada em 1972 e desativada por longo período pode ressuscitar como Associação dos Profissionais de Propaganda de Santa Catarina em 2015.

Nasce a Associação Catarinense de Propaganda

Quando abro o jornal, ligo a televisão, ouço rádio, quando navego ao sabor das ondas da web, a cada dia que passa mais intrigado fico ao perceber que a informação que recebo vem cada vez mais radical: os repórteres, os redatores, os editores se esforçam ao desespero para mostrar que tudo é absolutamente novo, inédito […]

A propaganda em Santa Catarina passa pelo brilho da Propague

Roberto Costa é um porreta, diria um baiano. Afinal, foi na Bahia que a veia do publicitário despontou.

Tudo é mais ou menos o mesmo do mesmo

As generalizações sofrem do mal da dispersão: quanto mais ampliada, mais tênue e inócua ela vai ficando. Mas, o assunto de hoje é o surgimento de um negócio, uma atividade produtiva, um empreendimento que se espera viceje e seja muito próspero com benefícios para os investidores, para os consumidores e para a sociedade como um […]

Aderbal Ramos da Silva, exemplo de solidariedade

O advogado, empresário e político Aderbal Ramos da Silva tem papel relevante na história da indústria da comunicação de Santa Catarina Inicialmente constituindo e dirigindo veículos da mídia impressa como o jornal A República,

O brasileiro, o catarinense e o ilhéu

Para entendermos as primeiras tentativas de se dar vida ao negócio da comunicação em Santa Catarina, proponho voltarmos o olhar para o início dos anos 1940 em Florianópolis.