Cinema de Terror: Sugestões para as madrugadas!

O site Caros Ouvintes construiu uma lista de obras para aqueles que têm o coração forte para sustos e tensão, filmes que mexem com os centros nervosos de qualquer pessoa, enfim, se você é fã do gênero de terror, mergulhe nessas sugestões, indicamos também que todas as obras sejam vistas na madrugada, de preferência com cortinas fechadas, luz apagada, com apenas a tela ligada, afinal nada melhor do que ver um filme de terror com a atmosfera perfeita para se levar sustos e ter os nervos alterados.

supernatural

‘Sobrenatural’ traz a história de um casal com três filhos que acaba de se mudar para uma casa nova, todos estão empolgados, o ambiente é espaçoso e confortável, porém a partir de um acidente que uma das crianças sofre dentro da casa acaba alterando todo o clima de felicidade e tranquilidade.

O menino entra em coma, os médicos não sabem dizer a razão de seu estado, afinal os exames médicos dão todos bons. Passados alguns meses, o casal leva o filho para ser tratado na própria casa, é então que acontece uma sucessão de acontecimentos estranhos dentro do espaço, os integrantes da família começam a escutar sussurros, passam a ter visões de espíritos, enfim, com todo esse pesadelo, a família decide se mudar novamente, mas nada melhora, todos os acontecimentos sobrenaturais retornam, e com ajuda de investigadores paranormais descobrem que o problema não é a casa que é mal assombra, mas sim um integrante da família.

A obra merece destaque pela construção de personagens, cada um com sua singularidade, vamos criando uma empatia por cada um deles, mérito do roteiro em entender que através dessa relação de aproximação entre personagens-telespectadores, passamos a nos preocupar muito mais com eles, tornando cada situação terrível passada por eles como uma experiência atormentadora para nós também. A história merece ressalva ainda pelo suspense, mistério e os sustos, cada um deles utilizado no momento certo, após a construção de expectativa no telespectador, ou seja, a tensão vai crescendo aos poucos e atinge de forma certeira nossos centros nervosos.

rec

‘REC’, obra espanhola que causou grande barulho quando saiu, atingindo positivamente público e crítica, não é a toa que a obra ganhou sequências e até mesmo remake americano, mas se tiver a chance de escolher qual obra ver, escolha a original – obra espanhola. A história se concentra na jornalista Angela Vidal, que ao lado de seu operador de câmera, Pablo, decide fazer uma reportagem em um quartel do Corpo de Bombeiros, com o objetivo de mostrar seu cotidiano.

Mas o que seria apenas uma saída noturna da equipe de bombeiros, acaba se tornando um verdadeiro pesadelo para toda equipe, jornalista e o cameraman. Todos se vêm presos em um edifício, tendo um mistério que após descoberto faz desse lugar um verdadeiro inferno. O modo como ocorre a filmagem dá um toque especial a narrativa visual, fornecendo um realismo maior, consequentemente é como se estivéssemos presos junto com os personagens dentro daquele prédio em que o terror exala de todos os seus cantos.

o nevoeiro

‘O Nevoeiro’ é um filme que explora habilmente o terror que emana do sobrenatural e ao mesmo tempo aquele que se faz através da loucura das pessoas. O enredo se concentra em um nevoeiro que começa a cobrir toda uma cidade, acompanhamos David e seu filho abrigados dentro de um supermercado, junto com muitas outras pessoas, sendo que duas situações de horror são construídas de acordo com o desenrolar do enredo, a primeira se concentra do lado de fora do supermercado, já que sair para a rua pode ser fatal, pois o nevoeiro guarda algo sobrenatural, a segunda situação de terror está dentro do ambiente onde todos se refugiam, já que a neurose e loucura começam a se impregnar em alguns dos personagens, fazendo com que ocorra uma guerra entre as pessoas e o que se segue é uma verdadeira caça as bruxas, ou seja, em certo momento da película as pessoas se tornam tão perigosas e ameaçadoras quanto o nevoeiro e seu lado sobrenatural.

alta tensão

‘Alta Tensão’ está certamente na lista de pérolas de terror que o cinema francês produziu, sendo que Alexandre Aja foi o responsável pelo roteiro e também direção, saindo-se muito bem nas duas funções. A história é sobre duas amigas que vão para uma casa de campo onde mora uma delas, logo na primeira noite, no silêncio mortal da madrugada, um homem que não conseguimos identificar o rosto bate a porta, o que se segue é uma verdadeira carnificina, em que o assassino pretende acabar com todos, na verdade quase todos, já que seus planos envolvem sequestrar uma das jovens que habita a casa.

Terror, suspense, mistério, está tudo lá na obra cinematográfica que deixou todos que a assistiram com os nervos à flor da pele. A tensão que emana é realmente surpreendente, ela vai crescendo vagarosamente no telespectador e na medida em que ocorre esse efeito, estamos cada vez mais inseridos na história, compartilhando a angústia das vítimas do assassino misterioso.

invocacao do mal

‘Invocação do Mal’ é mais uma obra de James Wan na nossa lista, certamente um dos cineastas que tem feito as melhores obras do gênero nesses últimos anos, afinal como não se lembrar de ‘Jogos Mortais’ e ‘Sobrenatural’? O diretor deu vida nova ao terror e vem trazendo um público maior para as salas de cinema, ganhando também bastante atenção por parte dos críticos.

A história da película é baseada em fatos reais, o que já causa um impacto maior no telespectador, nela acompanhamos a história dos investigadores de atividades paranormais Lorraine e Ed Warren, que tem pela frente um dos casos mais assustadores em que já trabalharam, a casa da família Perron, onde encontram-se espíritos e o pior, uma entidade demoníaca que busca a destruição da família.

amulherdepreto

‘A Mulher de Preto’ é uma película pautada não tanto pelos sustos, mas na maior parte pela tensão e o mistério, sendo que este último elemento faz com que o telespectador embarque literalmente na investigação pelo desconhecido, naquilo que causa temor nos personagens da história, a mulher de preto. Quem seria ela? Uma superstição boba ou algo realmente concreto? O fato de crianças morrerem com o surgimento de tal mulher seria apenas uma coincidência ou uma evidência realmente indiscutível?

Todas essas questões são encaradas pelo jovem advogado londrino Arthur Kipps, que é forçado pelo escritório em que trabalha a ir até a mansão que guarda esse fantasma (mulher de preto) que atormenta a todos da vila Crythin Gifford, a fim de achar os documentos necessários da falecida proprietária da mansão, para que sua venda possa ser efetivada. Caso o advogado não aceite o trabalho, ele será demitido, e é a partir desse ultimato, que ele terá de encarar esse pesadelo, já que precisa de dinheiro para sustentar seu filho pequeno.

aorfa

‘A Órfã’ conta a história de um casal que está prestes a ter seu terceiro filho, porém a mulher acaba sofrendo um aborto, com isso decidem adotar uma criança, para suprir o vazio deixado pela menina morta antes mesmo de nascer. Durante uma visita a um orfanato, o casal conhece a pequena Esther e logo se encantam por ela, que se mostra bem educada e inteligente, conquistando os dois de vez, sendo que optam rapidamente pela sua adoção.

Tudo parece perfeito, até que uma série de acontecimentos ruins passa envolver Esther, o casal fica na dúvida se os gestos e atitudes da menina são apenas um modo dela estar tentando se adaptar a nova vida ou se são realmente oriundos de sua maldade. Contar mais que isso seria estragar as surpresas que a obra reserva, enfim, pra quem gosta de um bom suspense com toques de drama, mistério e terror, o filme é uma boa pedida. Vale ressaltar também a ótima atuação de Isabelle Fuhrman, atriz que interpreta a órfã Esther.

deixe-entrar

‘Deixe-me entrar’ conta a história de Owen, um garoto reservado e franzino que sofre bullying no colégio, ele não conta nada sobre seu sofrimento para os professores e nem para sua mãe, que o cria sozinha. Owen transita entre ambientes como se fosse um garoto invisível, ninguém parece notá-lo ou realmente se importar com ele, sua mãe tem conversas genéricas e não percebe que os hematomas no filho vão além de desculpas sobre cair no pátio do colégio.

O pai não o visita por dois meses e quando fala pelo telefone parece não escutar Owen. Mas tudo muda quando um homem mais velho acompanhado de uma menina se mudam para vizinhança, junto deles uma série de acontecimentos macabros começa a atormentar os habitantes da região, e ao mesmo tempo o garoto começa uma relação de amizade com a menina, algo que mudará suas perspectivas, atitudes e visões sobre várias coisas.

A película tem uma atmosfera perfeita de mistério e tensão, esse último elemento é bem trabalhado em duas vias, a do fantástico e do realismo, vale destacar que a cada situação de bullying sofrida pelo garoto acaba afetando de modo impactante o telespectador, sendo que é impossível não compartilharmos das mesmas aflições e conflitos internos de Owen. Drama, mistério e terror fazem dessa película uma ótima escolha para se assistir numa madrugada.

apelequehabito

‘A Pele que Habito’, primeira e única obra de terror do aclamado cineasta Pedro Almodóvar causou furor desde o momento em que foi anunciada, afinal o espanhol é considerado como um dos melhores diretores vivos. Todos estavam ansiosos para saber se ele se sairia bem trabalhando com um gênero específico em que nunca tinha embarcado, Almodóvar sempre transitou principalmente por duas vias, o drama e a comédia, e em algumas de suas obras fundiu os dois elementos.

O resultado de ‘A Pele que Habito’ é ótimo, o diretor foi competente na arte de trabalhar com os elementos clássicos de histórias de terror (como por exemplo: o cientista louco, a cobaia/vítima, voyeurismo, mistério e o horror), além de tudo, Almodóvar consegue levantar questões relativas à sexualidade e sobre o que nos define como indivíduos.

Categorias: , Tags: , , ,

Por Wendell de Oliveira Albino

Natural de Florianópolis/SC. Graduado em Letras – Língua Portuguesa e Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. Além do amor pela escrita, é fascinado pelo universo de HQs, Literatura Infantil, Literatura, Games, Cinema e Música. Tomou gosto pela leitura através de autores como: Clarice Lispector, Allan More, Frank Miller, Shaun Tan, Bukowski, Chacal, Jhon Fante, Bram Stoker e Kafka.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *