Grandes Radialistas e suas grandes gafes – 1

Ah! O locutor! Tem cada um que parece dois como dizia o “Edmundo” que não era Edmundo coisa nenhuma: havia um sucesso da época, a versão brasileira, bem brasileira do IN THE MOOD – “Edmundo não sabe bem o que faz…”.

E o apelido do rapaz era esse, na Rádio Colombo de Curitiba. Fazia tudo às avessas. Era o exemplo da comunicação mal feita ou para público diferente.

Locutor existe que diz uma coisa que quer dizer outra e para público diverso usa a mesma linguagem. Às vezes, fala muito e complica a compreensão, adjetivando tudo o que encontra pela frente, colocando frases no meio da outra frase, o escambau, às vezes fala pouco e não se faz entender.

Ilustra bem o que eu quero dizer esta da Internet:

Depois dos terremotos ocorridos na Europa, o Governo Brasileiro resolveu instalar um sistema de medição e controle de abalos sísmicos, que cobre todo o país. O então recém-criado Centro Sísmico Nacional, poucos dias após entrar em funcionamento, já detectou que haveria um grande terremoto no Nordeste do país. Assim, enviou um telegrama à Rádio do local e ao Alto Falante que era mais ouvido, endereçado à Polícia e, ao mesmo tempo, aos cidadãos de Icó, uma cidadezinha no interior do Estado do Ceará. Dizia a mensagem:
Urgente. Possível movimento sísmico na zona. Muito perigoso. Richter 7. Epicentro a 3 km da cidade.

Tomem medidas e informem resultados com urgência.

Somente uma semana depois, o Centro Sísmico recebeu um telegrama que dizia:

Aqui é da Polícia de Icó. Movimento sísmico totalmente desarticulado. Richter tentou se evadir, mas foi abatido a tiros. Desativamos as zonas e todas as putas estão presas. Epicentro, Epifânio, Epicleison e os outros cinco irmãos estão detidos. Só tem uma coisa: aqui tem um locutorzinho de merda na Rádio que anda dizendo bobagens sobre a gente, dizendo que o Epicentro é pessoa de bem que não merecia ser trancafiado e que o movimento das putas era só com as cadeiras. Não sei se apago ele ou coloco uma bomba no transmissor deles… Não respondemos antes porque houve um terremoto da porra aqui…

(- Mentira, Terta…? – Verdade!).

Do livro Grandes Radialistas e suas Grandes Gafes em breve nas livrarias e na internet

Categorias: Tags: , , , ,

Por Donato Ramos

Radialista desde quando estreou ao microfone da Rádio Clube de Paraguaçu Paulista, na década de 1950. Trabalhou nas principais emissoras de Rádio do Paraná e Santa Catarina atuando na locução, produção e direção artística. Tem dezenas de livros publicados sobre rádio e jornalismo. Atualmente se dedica a ações filantrópicas.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

1 responder
  1. Antunes Severo says:

    Esse artigo foi postado originalmente com o título Comunicação e Compreensão. A substituição pelo atual é para dar sentido de continuidade a série de crônicas do autor que reproduzirá o texto do livro Grandes radialistas e suas grandes gafes a ser lançado brevemente.

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *