Comunicação é uma arma importante

Dizem que a galinha que bota um ovo pequeno, ganha grande visibilidade por que sabe se comunicar cantando logo após seu esforçado evento. De outro lado, a pata que bota um ovo muito maior e altamente nutritivo, não divulga o evento e por isso o produto do seu esforço encalha no ninho.

Há entre as pessoas os que sabem se comunicar e os que permanecem quase sempre calados. Há também aqueles que usam a comunicação para promoção pessoal: angariar simpatia, votos, favores e outras coisas do gênero.

Estes são, via de regra, são bons comunicadores e têm grande poder de convencimento. Quando falam, por maior que seja a besteira que digam, são ouvidos e despertam manifestações de apoio, ódios e paixões.

Nos meios políticos esse tipo de comunicador atua com grande desenvoltura. Um disse recentemente que “é babaquice” metrô que leva o torcedor até dentro do estádio. E não é nada disso. O metrô que leva para dentro de estádios, aeroportos etc é um avanço nos meios de transporte urbano.

Pessoas com pouca informação, que sabem pouco a respeito do assunto, recebem a comunicação eleitoreira como um comentário de quem sabe das coisas. Sabe nada, inocente, como diz a propaganda. Outro disse que o torcedor que vem ver a Copa de Futebol não quer saber de viadutos, e outras obras. Outra bobagem para virar verdade na boca de político esperto e bom de comunicação. Numa entrevista, outro desse time, afirmou várias vezes que os protestos de rua eram reivindicações de benefícios de algumas categorias profissionais. Disse isso em programa de televisão que exibia no momento, passeatas com faixas contra a Copa de Futebol e criticando o governo pelos investimentos feitos em estádios e que poderiam ter sido feitos em estradas que tem buracos, escolas que tem goteiras, hospitais que não te equipamentos e funcionários.

Comunicação é uma arma fantástica na publicidade e nos relacionamentos comerciais e particulares. É, também uma arma perigosa na boca de políticos que falam muito (e bem), dizem coisas absurdas e inverídicas, como se da boca deles só saíssem verdades.

Todos sabemos que a galinha que bota um ovinho e canta muito na hora do esforço, passa a imagem de que seu ovo é o maior do mundo e ela a grande poedeira. O canto é maior que o ovo.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *