Deixa a porta aberta, um samba de Zininho

Zininho no estúdio onde fazia os registros hoje dispon?veis na Casa da Memória

Entre as canções inesquecíveis de Cláudio Alvim Barbosa está o samba Deixa a Porta Aberta, lembrado na homenagem que a Câmara Municipal de Florianópolis prestou à memória do poeta por ocasião da passagem dos 80 anos de seu nascimento. O historiador Sérgio Luiz Ferreira relembrou Zininho quando este residiu no bairro de Sambaqui. O registro termina com a interpretação do samba Deixa a Porta Aberta por Maria Helena gravado quando de outra homenagem prestada a Zininho, em 1994.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *