Depressão – Com quem falar?

A depressão já é considerada uma importante doença e ainda bem que tem deixado de ser encarada com “frescura”. Comentários não maldosos, mas em ignorância costumavam ser do tipo: “Vá arrumar uma roupa pra lavar” ou “Tem gente aí que não tem pernas e braços e anda de cabeça erguida e sorrindo, pare de reclamar, tens saúde perfeita”. Quem já não ouviu comentários insanos assim? Pois depressão é coisa séria e precisa de tratamento profissional.

Há poucos dias enquanto assistia ao programa Encontro, de Fátima Bernardes, o cantor César Menotti da dupla sertaneja disse com coragem que já lutou e venceu a depressão. Além da coragem em admitir o problema o que me chamou atenção foi outro fato narrado pelo cantor. Ele disse que a pior coisa para quem sofre de depressão é confidenciar isso a certos amigos. Por quê? Segundo o relato do artista alguns de seus amigos ao ouvirem suas queixas diziam: “Ah, que isso rapaz; você tem um ótimo carro, casa, fama, dinheiro, etc.” Com certeza quem diz isso não é mal intencionado, apenas mal informado. Pessoas que dão esse tipo de “encorajamento” creem que dinheiro, sucesso profissional, fama e coisas do tipo suprem qualquer dor emocional. Que lamentável engano. Há artistas internacionalmente famosos cometendo suicídio.

O que falta? Afeto, carinho, família, espiritualidade, amizades? Talvez. Mas só mesmo um profissional preparado para ajudar. Ele saberá diferenciar um caso de outro. Se tiver um amigo (a) ou familiar com depressão ou até falando em suicídio não pense que é bobagem. Não faça pouco caso. Ofereça sim seus preciosos ouvidos e ombro amigo, mas reforce a necessidade de ajuda profissional, geralmente psicólogo, psiquiatra ou mesmo um neurologista. Depressão é doença real que pode levar a morte, mas tem cura.

Se o leitor tem, pense em com quem vai falar. Se ouviu de um amigo, leve a sério.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *