Destas prateleiras 40 anos de rádio vos contemplam

O que você faria se encontrasse um montão de fitas com mais de 1.000 horas de gravação com programas de rádio de Florianópolis dos anos 1950 a 1990?

Esse é o dilema que desafia a Casa da Memória de Florianópolis, inaugurada em 30 de março de 2004, como centro de documentação da vida social e cultural dos habitantes de Florianópolis. E não é por falta de Engenho e Arte e nem de empenho dos sucessivos dirigentes dessa entidade que abriga, entre outros valores da cultura catarinense, o acervo reunido por Cláudio Alvim Barbosa por mais de 50 anos de minuciosa garimpagem. Garimpagem que reúne sua própria obra e também de outras personagens da música, do jornalismo, do humor, do esporte e do radioteatro que passaram pelos microfones de emissoras como Sociedade Rádio Guarujá, Anita Garibaldi, Diário da Manhã, Jornal A Verdade e Santa Catarina, todas ainda em funcionamento, embora com outras denominações.

No momento, ao que se informa, a atual administração tem a possibilidade de contar com outras entidades para viabilizar os objetivos que determinaram a criação da Casa e dar vida ao Museu do Rádio lançado na UFSC na década de 1980 e ainda não instalado. A inciativa contaria com o apoio do Curso de Jornalismo da UFSC, da Associação Catarinense de Imprensa/Casa do Jornalismo, Acaert – Associação Catarinense das Empresas de Rádio e Televisão e do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia.

Categorias: Tags: , , ,

Por Antunes Severo

Radialista, jornalista, publicitário, professor e pesquisador é Mestre em Administração pela UDESC – Universidade do Estado de SC: para as áreas de marketing e comunicação mercadológica. Desde 1995 se dedica à pesquisa dos meios de comunicação em Santa Catarina. Criador, editor e primeiro presidente é conselheiro nato do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *