Dia do Radialista repercute na mídia

A iniciativa da Associação Catarinense de Imprensa/ Casa do Jornalista de reunir pioneiros da história do rádio em Florianópolis tem repercutido não só na imprensa local como também de várias outras cidades onde esse veículo têm papel destacado. Na Capital o evento ganhou destaque de primeira página no caderno Variedades do DC com a matéria de Fernanda Oliveira e Karin Barros Eles Falam Bonito.

O Dia do Radialista, por muitos anos foi comemorado em setembro, mas a data nunca foi oficializada. Até que em 2006 por iniciativa parlamentar e sancionada pelo presidente da República foi oficializada a data de sete de novembro em homenagem ao aniversário de nascimento do radialista, compositor, produtor e apresentador Ary Barroso.

Em sua matéria Fernanda e Karin, lembram que em Sant Catarina a primeira emissora, PRC-4 Rádio Clube, foi instalada em Blumenau no início da década de 1930 por iniciativa do radioamador João Medeiros Júnior que desde 1927 fazia transmissões experimentais. Posteriormente, a partir de 1941 foram instaladas as rádios Difusora de Joinville, por Wolfgang Brosig; a Difusora de Itajaí, por Adolfo de Oliveira Júnior e Dagoberto Nogueira; e a Rádio Guarujá de Florianópolis, por Ivo Serrão Vieira.

Severo, 1960

Atualmente o parque radiofônico e televisivo de Santa Catarina e composto por mais de duzentas emissoras transmitindo em ondas médias, curtas, frequência modulada  e UHF.

Na entrevista concedida à Fernanda Oliveira Antunes Severo, “Apaixonado pela profissão, diz que o veículo é, hoje, tão importante – ou mais – do que foi no auge, nas décadas de 1950 e 1960”. E acrescenta: “O rádio hoje está muito mais abrangente e atuante do que antigamente, quando restringia-se a uma emissora, que levava sinal para a residência das pessoas. Hoje, pela internet, as maneiras de se chegar à audiência são extremamente facilitadas. O rádio começou como um veículo local, depois passou a ser regional, e, agora, se aproxima do universal”.

Categorias: Tags: ,

Por Antunes Severo

Radialista, jornalista, publicitário, professor e pesquisador é Mestre em Administração pela UDESC – Universidade do Estado de SC: para as áreas de marketing e comunicação mercadológica. Desde 1995 se dedica à pesquisa dos meios de comunicação em Santa Catarina. Criador, editor e primeiro presidente é conselheiro nato do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *