Dia Mundial dos Oceanos marca 30 anos da Convenção da Lei do Mar

Pescador da Tanzânia

Data é comemorada pela ONU nesta sexta-feira; em mensagem, Secretário-Geral lembra que proteção dos oceanos está entre as metas da Rio+20

MÍDIA | Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York

As Nações Unidas comemoram nesta sexta-feira o Dia Mundial dos Oceanos. A data marca os 30 anos da Convenção da ONU sobre a Lei do Mar. Em mensagem, o Secretário-Geral lembrou que quando foi adotado, em 1982, o acordo “fez história” e “é um monumento vivo da cooperação internacional.” Ameaças Ban Ki-moon destacou ainda que a proteção dos oceanos e das áreas costeiras está entre as metas da Conferência sobre Desenvolvimento Sustentável, Rio+20. Em entrevista à Rádio ONU, de São Paulo, o especialista em economia socioambiental e professor da USP, José Eli da Veiga, falou sobre algumas ameaças aos oceanos.

“Não é só o aspecto muito falado da pesca, que não se sabe por quanto tempo vai ter peixe ainda. Mas mesmo o estrago que está havendo nos oceanos por causa do excesso de nitrogênio, que é usado na agricultura e que corre para os cursos d´água, vai parar nos oceanos e cria zonas mortas.”

Ainda em sua mensagem, o Secretário-Geral Ban Ki-moon lembrou que os oceanos estão “ameaçados pela poluição, pelo esgotamento de recursos da pesca, impactos da mudança climática e deterioração do ambiente marinho.

Segundo Ban, a Rio+20 deve mobilizar a comunidade internacional a melhorar o manejo e conservação dos mares.

Ele indicou que a ONU, governos e parceiros devem promover iniciativas que reduzam a poluição, inibam a sobrepesca e melhorem a proteção dos oceanos.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *