Nas ondas das rádios da Capital

RAFAELA GIORDANO Diário Catarinense | 270903 | Variedades

Severo e Medeiros recolhem depoimentos para contar a história dos 60 anos de radiodifusão em Florianópolis

Antunes Severo e Ricardo Medeiros aproveitaram a comemoração da data de nascimento de Edgard Roquette-Pinto, considerado o pai da radiodifusão no Brasil, no último dia 25, para encaminhar ao Ministério da Cultura (MinC) o projeto do livro Caros Ouvintes. A dupla de jornalistas reunirá em 170 páginas a história dos 60 anos do rádio em Florianópolis.

Severo pesquisava a história do rádio há um e meio para elaborar um projeto de doutorado na área de radiojornalismo quando comentou com Medeiros sobre o assunto. Os dois deram-se conta de que ainda não havia nenhuma publicação sobre o assunto. Até então, apenas estudantes tinham tratado sobre o tema em monografias e dissertações. Medeiros sugeriu a Severo que elaborassem um livro em parceria. “Isso nunca tinha me ocorrido, mas vimos que em 60 anos de história nunca foi feito um livro específico sobre o assunto no Estado”, observa Severo.

Foi o início da produção de Caros Ouvintes.

Severo e Medeiros planejam reunir depoimentos de radialistas; jornalistas que atuaram na imprensa e no rádio; ouvintes por segmentação – de radiojornais e de variedades, inclusive radionovelas -; e técnicos, como o técnico em eletrônica Walter Lang Júnior, responsável pela confecção dos primeiros equipamentos instalados em rádio na cidade, e Lorival Bruno, técnico da Rádio Marumbi e ainda na ativa. Pelo projeto inicial, o livro conterá três CDs com a reprodução de áudio de trechos de depoimentos de personalidades importantes na história do rádio; de programas noticiosos, esportivos, musicais, novelas e de auditório; e dos principais comerciais em forma de spots e jingles de diferentes épocas.

Caros Ouvintes tratará sobre os 60 anos de radiodifusão em Florianópolis. Uma atenção especial será dada à história das emissoras de rádio ao longo dos anos 40, 50 e 60. Essa história teve início com a instalação da Empresa de Propaganda Guarujá Limitada, concessionária do serviço de alto-falantes central de Florianópolis criado em 15 de fevereiro de 1943. No mesmo ano, surgiu a Rádio Guarujá. O livro abordará também a história de outras rádios surgidas na época, como Rádio Anita Garibaldi, Diário da Manhã, Jurerê, Jornal A Verdade e Santa Catarina. O período entre 1970 e 2003 será abordado, mas de maneira mais rápida.

Para facilitar o contato com pessoas interessadas em colaborar com o trabalho, Severo e Ricardo, com o auxílio da MarketAll e da UnetVale, criaram o site www.carosouvintes.com. Como nos primórdios no rádio em Florianópolis, quando uma estação operava durante algum tempo em fase de testes, o site estará operando de maneira informal até 1º de novembro, quando entrará oficialmente no ar. Todas as contribuições são bem-vindas. Para entrar em contato com Severo e Medeiros, basta mandar e-mail para ([email protected]).

Categorias: Tags: ,

Por Antunes Severo

Radialista, jornalista, publicitário, professor e pesquisador é Mestre em Administração pela UDESC – Universidade do Estado de SC: para as áreas de marketing e comunicação mercadológica. Desde 1995 se dedica à pesquisa dos meios de comunicação em Santa Catarina. Criador, editor e primeiro presidente é conselheiro nato do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *