Dicas para uma rádio virar sucesso

Antes de qualquer emissora entrar no ar ela precisa do que eu chamo de PPP: Plano de Planejamento de Programação. Esse plano é divido em quatro estratégias básicas. Confira.

Primeira: Definir seu público-alvo. Para quem você vai falar? Que tipo de rádio você quer fazer?

Segunda: Pesquisa de mercado. Analisar as concorrentes. Será que vale a pena bater de frente com uma rádio forte, já estabelecida? Será que é mais vantajoso mudar a estratégia e investir em outro segmento de programação? Dependendo dessa pesquisa, pode-se até alterar o público-alvo.

Terceira: Escolher a linha editorial. Decidir o que a rádio vai ser. Aonde ela quer chegar. Qual é a missão da emissora? Quais os seus objetivos?

Quarta: Criar a Grade de Programação. Criar os programas, escolher as músicas e montar uma programação diária.

O primeiro passo para uma rádio virar um sucesso de audiência é definir o seu público-alvo, ou seja, dependendo do formato da emissora, você terá uma maneira diferente de trabalhar com seu ouvinte. A partir daí, o importante é encontrar as formas de conquistar e manter a simpatia do ouvinte.  Sites especializados no assunto constatam as maiores reivindicações dos ouvintes: a qualidade do sinal da emissora, a qualidade do som que a rádio emite, a interatividade e a segmentação musical de acordo com o gosto do ouvinte. Vamos analisar cada um destes itens.

O SINAL DA EMISSORA: Uma rádio que não pega bem, não conquista o ouvinte, independentemente se sua programação é boa ou não.

A QUALIDADE DO SOM: Às vezes faltam recursos para melhorar a parte técnica da emissora, e outras vezes acontecem descuidos na equalização do som que vai ao ar.

A INTERATIVIDADE: A partir do momento que a emissora oferece prêmios e possibilita a chance do ouvinte participar da programação, as coisas mudam. Existem empresários que simplesmente põe a rádio no ar, tocam músicas e pronto. Parecem mais “tocadores de Mp3”. A rádio tem que aparecer fisicamente, estar junto ao povo e ser lembrada.

A SEGMENTAÇÃO MUSICAL: Muitas emissoras fazem uma “salada” de estilos musicais na sua programação.

Resolvidos esses problemas, é meio caminho andado. Falta agora uma boa programação, com bons profissionais, que gostem do que fazem e que estejam compromissados com a proposta da emissora. Tudo vai depender ainda da região.

Uma rádio que faz sucesso em São Paulo, não necessariamente vai fazer sucesso em Santa Catarina. São regiões totalmente diferentes, com colonizações diferentes, climas, gostos, tradições e culturas muito distantes. Com qualidade, conhecendo o mercado e o gosto do ouvinte, a rádio conquista rapidamente a simpatia de seu público-alvo e vira um sucesso.

O autor é publicitário, especialista em Rádio e TV, autor do livro “Você Nunca Ouviu Nada Igual”. Blog: http://vocenuncaouviunadaigual.blogspot.com

3 respostas
  1. J.Pimentel says:

    São dicas básicas e necessárias, pouco utilizadas hoje pela maioria das rádios espalhadas pelo país. Para elaborar esses itens que citou, é preciso um coordenador de programação sensível, atualizado, criativo. É preciso vozes adequadas, apresentadores inteligentes e produtores competentes. O fato é que não há mais esse tipo de planejamento. O dono contrata um “faz tudo”, geralmente amigo de um amigo, que faz a programação, locução, redação, vende publicidade e programa o computador para que a rádio trabalhe sozinha a maior parte do tempo. Depois, vendo que não dá dinheiro, arrenda para uma igreja evangélica. Quanto a programação de um local ser exibida em outra praça diferente culturalmente, a cada dia a importação de programação via satélite é maior. Em muitos casos, a programação importada é muito melhor que a programação local, até pelos fatos que comentamos acima. Mas, o ideal seria programações locais de boa qualidade. Mas estamos longe disso.

  2. antonio robert says:

    Bom dia,

    Sou gerente de uma emissora de rádio am, temos poucos patrocinadores e os poucos paga um preço baixo. Como fazer para conseguir patrocinadores?

  3. Daniel says:

    Olá amigos que tem conhecimento em radio web, tenho uma radio na web desde 2014, uma radio com programação voltada ao romantismo, musicas romântica dos anos 70-80-90 e atual.
    Mas não estou conseguindo atingir um publico satisfatório, não sei se estou em época errada na programação.
    Nasci dentro de rádios, tive o prazer de trabalhar com grandes nomes da época como OSMAR SANTOS, DIRCEU MARAVILHA, ODNEI EDSON E OUTROS, gostaria que alguém pudesse me ajudar com dicas satisfatória ok.
    Sou o Daniel e estou em Ribeirão Preto SP
    [email protected]

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *