Donato Ramos: Túnel do tempo é isto aqui

O paulista Donato Ramos, nascido em Echaporã e criado em Paraguaçu Paulista é mais conhecido como paranaense por lá ter consolidado a vida de radialista profissional.

Donato

Em Santa Catarina, trabalhou em Itajai, Blumenau, Rio do Sul, Taió e Florianópolis, onde reside e continua escrevendo os seus já lançados mais de cem livros. Humor, poesias, crônicas e histórias de radialistas são os seus pratos favoritos – isso, sem contar uma dezena de associações comunitárias que fundou e dirige.

Pois o Donato aqui está de volta falando de outra de suas delirantes paixões: o radioteatro. Ele conta:

Rádio /teatro foi minha paixão. Sob a direção de Ary Fontoura, em Curitiba, na Rádio Colombo, apresentávamos mais de uma dezena de novelas diariamente. Num dos meus livros da série Antes Que Me Esqueça, sobre o Folclore do Rádio e, também, em Folhas Soltas, falo sobre essa época e cito meus companheiros de elenco. Aqui, neste Túnel do Tempo, você vê como era um script de novela. O tempo amarelou de todos os tons as folhas do script, mas eu ajudo na leitura:

Rádio Colombo de Curitiba – Teatrinho Assumpção – Ano 1958 – Era uma segunda feira, dia 7 do 04.

Novela das quatro da tarde, presumia-se o descanso das empregadas. Lembro dos artistas da época: Waldir Guedes, Gerson Luiz, Magaly Sanches, Helena Samara, Medeiros Filho (também cantor catarinense), Nelson Morrison e Valentin Guzzo.

Donato-Ramos

TEATRINHO-ASSUMPC¸A~O1
Sonoplastia de Sebastião Ferreira da Silva | Sonotécnica de José Peres |Contrarregra de Valentin Guzzo | Direção de Osmano Cárdenas.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *