É aí que mora o perigo

Tenho alertado desde a primeira edição deste blog para os perigos que o futebol enfrenta por denúncias oriundas de possíveis escândalos no meio. Assim como já escrevi muitas vezes que o futebol precisa ter mais qualidade, ser profissional também fora de campo. Tudo isso coerente com o que penso em relação ao seu custo atual, bancado em grande parte pela publicidade estampada nas camisas e dos direitos de televisão.

Os casos recentes que falam de compra de votos, de escândalos envolvendo dirigentes importantes do futebol no mundo já começam a repercutir junto aos grandes patrocinadores. Hoje de acordo com a BBC “empresas patrocinadoras dos eventos da FIFA expressaram preocupação com os danos de imagem provocados pelas acusações de corrupção na organização que controla o futebol mundial”.

A notícia estampada no site da UOL diz ainda: “A Coca-Cola e a Adidas, dois dos principais patrocinadores da FIFA, manifestaram publicamente o descontentamento com o escândalo em curso na entidade. Outros patrocinadores, como Visa e Emirates, têm procurado se manter a distância da polêmica”.

“A Adidas será um patrocinador da Copa do Mundo de 2014 no Brasil”. “Dito isso, a tendência negativa do debate público sobre a FIFA neste momento não é boa nem para o futebol nem para a FIFA e seus parceiros”, afirmou a empresa em um comunicado. A Coca-Cola, por sua vez, afirmou por meio de seu porta-voz que “as acusações sendo levantadas atualmente são preocupantes e ruins para o esporte”. Só espero que depois dessas informações todos se conscientizem para que os grandes patrocinadores não deixem de investir no futebol. É isso aí.

Categorias: , Tags: , ,

Por Antunes Severo

Radialista, jornalista, publicitário, professor e pesquisador é Mestre em Administração pela UDESC – Universidade do Estado de SC: para as áreas de marketing e comunicação mercadológica. Desde 1995 se dedica à pesquisa dos meios de comunicação em Santa Catarina. Criador, editor e primeiro presidente é conselheiro nato do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *