Entrevista: Alana Tamira

O site Caros Ouvintes tem o prazer de trazer para nossos leitores a entrevista que fizemos com Alana Tamira, editora do site www.alanatamira.com.

AlanaTamira

 

O espaço é dedicado aos amantes da Música, Literatura, Moda, Cinema, Arte, além de tudo isso, Alana e os demais colunistas Débora Amâncio, Dede Ladeira, Ciça Pereira, Danilo Tomaz, Erica Santos, Marcella Morijo e Tayrine Previlli sempre trazem as novidades que estão acontecendo no cenário nacional em termos de eventos culturais e também comentam sobre assuntos que estão em tônica na sociedade. O site vem crescendo e ganhando cada vez mais leitores, afinal preza pelo conteúdo de qualidade, com textos dotados por um estilo pessoal e também com entrevistas diferenciadas. Enfim, vamos a bela troca de ideias que tivemos com Alana, que nos contou sobre seu gosto pela escrita, suas influências, seu trabalho no site, quais seus livros e filmes prediletos, projetos para o futuro e muito mais!

1. Alana, primeiramente queria saber em que momento de sua vida o gosto pela escrita foi despertado? Sofreu influência e apoio de alguém em especial?

Alana: O gosto pela escrita foi algo que surgiu cedo em minha vida, creio que foi incentivado por meu gosto pela leitura. Aprendi a ler e escrever super cedo e sempre fui incentivada por minha família, ganhando gibis e livros de literatura infantil. Vejo na escrita uma maneira de me expressar, passar meus sentimentos e opiniões. Isso começou com diários e agendas e posteriormente, cadernos de textos reflexivos que na verdade eram desabafos e mensagens que escrevia para mim mesma. Lembro na adolescência de trocar muitas cartas com minhas amigas (algumas quilométricas que guardo até hoje).

A influência maior veio através do prazer da leitura e como isso me possibilitava conhecer outras realidades, pessoas e inventar universos novos. Sempre quis ter o dom de escrever livros, acho lindo, mas a vida foi me levando para outros caminhos. Encontrei-me no universo da moda no qual sou pós-graduada e pretendo seguir carreira acadêmica. Criar o site me possibilitou unir essas duas paixões (e muitas outras) em um único espaço.

O apoio que recebi sempre foi de minha família, em especial meu pai e minha mãe que sempre me incentivaram em todas as empreitadas que tive até hoje. Eles são meu alicerce maior.

2. Como e quando surgiu a ideia de criar o site?

Alana: A ideia de criar o site foi na verdade união de várias ideias. Tenho muitos amigos e sempre um ou outro me perguntavam um local para ir, alguma marca interessante para comprar roupa, uma música para ouvir… Comecei a perceber que de certa maneira eu já era uma fonte de informação, mesmo que indireta.

Um belo dia uma amiga minha me falou: – Alana você é tão bonita, descolada, conhece tanto lugar e gente bacana, por que você não monta um blog? Quase não temos blogueiras negras no Brasil.

A partir disso comecei a idealizar o projeto do site, sempre com a preocupação maior de que ele transmitisse informação de qualidade e que fosse uma fonte de divulgar cultura black, novas marcas, artistas, lugares e muito mais. Foi um período de aproximadamente 5 meses investindo em pensar como ele seria.

Para criá-lo contei com apoio de muitas pessoas (um projeto desse não se faz sozinho), pessoas especiais como a Lívia Aguiar, Dedé Ladeira e Marcella Morijo que me ajudam com o site desde quando era uma semente.

O site é super novo estamos entrando no nosso sexto mês no ar e o retorno tem sido muito positivo. A cada nova parceria e contato tenho certeza de estar no caminho certo, as pessoas têm sido muito receptivas.

3. Teve alguma matéria em especial do site que mexeu com a sua emoção?

Alana: Todas as matérias são muito especiais, tudo que publico eu acredito 100%. Embora no site possam ter posts comerciais, eu jamais indicaria algo que não confio na qualidade. Até porque o site leva meu nome e sempre me preocupei muito com isso. Fica difícil escolher uma única matéria, a cada dia, a cada escrita eu evoluo mais e descubro coisas novas. Se eu ler o meu primeiro post e compará-lo com um post atual, vejo que são totalmente diferentes. É um aprendizado e evolução constantes…

O que sempre me alegra muito é quando algum artista que admiro o trabalho aceita ser entrevistado pelo site. Essa receptividade e esse voto de confiança me emocionam, me faz ver que ainda existem pessoas dispostas a trabalhar em parceria, assim como eu. Cada entrevista com artista e cada feedback (positivo ou não) que recebo sobre o site é uma emoção nova.

Sentir que a mensagem está chegando a locais diferentes que eu nunca imaginaria, e que sua abrangência é infinita, é a parte mais emocionante.

4. As entrevistas realizadas pelo site são certamente mais um dos grandes atrativos do espaço, poderia nos revelar quais pessoas você tem o desejo de entrevistar?

Alana: Essa pergunta é ótima rs, na hora pensei em vários nomes, de pessoas vivas e mortas rsrs…

Tem muitos nomes que gostaria de entrevistar para o site, ele tem espaço para várias vertentes se manifestarem. Mas muito além de nomes famosos, eu tenho grande interesse em descobrir o que há de novo. Quem são os novos nomes e marcas que estão fazendo barulho. Meu intuito é divulgar o desconhecido, dar nome ao anônimo. Acho que isso é o que me atrai mais, possibilitar e abrir espaço para pessoas que estão começando mostrar a cara e dizer para o que vieram.

De nomes famosos posso citar vários, mas coloco alguns: B Negão que é um cara que acho sensacional e admiro muito o trabalho; Rappin Hood por ser o sujeito homem que é, acho ele um ser iluminado (ainda vou assistir a um jogo do Corinthians com ele); Mano Brown por ter me inspirado em muitos momentos de minha vida; Lula por sua trajetória de vida o admiro muito; Dona Ivone Lara porque ela é linda e dispensa explicações.

AlanaTamira15. Uma das colunas mais queridas pelos leitores é ‘Toca no Meu Rádio’, preciso revelar que é uma das minhas favoritas, tanto as entrevistas como também as matérias especiais são certamente diferenciadas, você se recorda de quando surgiu sua paixão pela música? E se me permitir roubar uma de suas perguntas clássicas que faz aos seus entrevistados, gostaria de saber quais os seus 3 álbuns de música prediletos? Caso queira citar mais de três, fique à vontade.

Alana: Sinceramente não imaginava que essa pergunta fosse tão difícil de responder, desde que eu li, já pensei em mais de 20 álbuns para indicar rsrsrs.

A música é uma paixão antiga na minha vida, sou uma pessoa extremamente musical, fui criada ouvindo muita música. Meus pais são minha maior referência musical, meu pai sempre teve gosto por soul music e jazz, ainda hoje no carro dele a trilha é essa, Stevie Wonder, Earth Wind and Fire, The Isley Brothers, All Green e por aí vai. Minha mãe é mais MPB e samba, Elis Regina, Clara Nunes, Djavan, Jorge Bem Jor, Tim Maia, Sade, Whitney Houston…

Hoje posso dizer que sou amante e pesquisadora assídua da Black Music, amo Jazz, Hip- Hop, Blues, Bossa Nova, Samba Rock … Sou muito eclética, também amo Jimi Hendrix, The Doors, AC/DC… Posso ficar um mês inteiro lembrando os nomes e músicas que gosto rs!

Para indicação escolhi 5 álbuns:

Kind of Blue – Miles Davis
A Tribe Called Quest – Beats, Rhymes and Life
Erykah Badu – Baduizm
Jorge Ben Jor – A Tábua de Esmeralda
Tim Maia – Racional vol 1 e 2

6. Tem em mente novos projetos para o site?

Alana: O site tem muitos projetos para acontecer. Vamos ter colunistas novos colaborando com o conteúdo, o que é excelente, tem muita gente com vontade de colaborar e falar sobre o que gosta.

Irei lançar mais colunas minhas focadas em indicar lugares interessantes que as pessoas precisam conhecer. Além de fazer muitas entrevistas visando sempre apresentar às pessoas nomes e projetos novos.

Em abril estreia um programa que irei apresentar e será transmitido num portal de cultura da Web o Grito33. O que tem tudo a ver com o site, a personalidade e o conteúdo do programa, foi embasado na identidade do site.

Com certeza vêm novidades tem muita coisa boa por acontecer, mas tudo com muita calma e tranquilidade sempre, para crescer de maneira sadia e eficaz.

7. Como aqui no Caros Ouvintes também comentamos sobre literatura e cinema, e sabendo do seu gosto por essas artes, não poderia deixar de perguntar quais os seus livros e filmes prediletos?

Alana: Para literatura ao invés de livros vou indicar autores que gosto: Pablo Neruda, Manoel de Barros, Patativa do Assaré, Clarice Lispector e Fernando Pessoa.

Filme eu indico a trilogia do Poderoso Chefão que eu amo e já assisti mais de 10 vezes. Acho a fotografia linda, o figurino incrível, os atores perfeitos… Enfim eu amo!

Casa Blanca também assisti muitas vezes e nunca enjoo.

Cor Púrpura foi um filme bem marcante para mim e eu indico para quem não assistiu.

8. Alana, agradeço pela entrevista concedida ao site Caros Ouvintes. Desejamos progresso e cada vez mais sucesso em sua caminhada. Você gostaria de deixar um recado final ao pessoal que acompanha o seu trabalho e também para aqueles que ainda não conhecem o site?

Alana: Eu que agradeço a oportunidade. Foi muito bom e enriquecedor ter esse outro olhar sobre meu trabalho, fiquei imensamente feliz com o reconhecimento.

A todos os leitores do Caros Ouvintes deixo o convite de conhecerem o site e navegar por suas colunas. Tenho me empenhado em sempre oferecer conteúdo inovador de qualidade. Se você gosta de saber o que há de diferente e novo, com certeza no meu site você irá encontrar.
De mensagem geral deixo uma frase que gosto muito do grande mestre Vinicius de Moraes: – Ah! Que não seja meu o mundo onde o amor morreu…

Mais amor, por favor.

Confira o site de Alana.

3 respostas
  1. Pedro Borges says:

    Realmente o exercício da leitura anda de mãos dadas com o da escuta, na medida que se lê se percebe outra pessoa outro mundo , assim como na escuta , o que torna o nosso mundo mais rico, mais amplo e muito mais sonoro aos ouvidos do crescimento.

  2. Tiago Alves says:

    Estou admirado pelo seu trabalho e com certeza a essa evolução que vem por ai querida … adorei a entrevista, muito inspiradora em seus relatos que sempre tive interesse de saber também rsrsrs .

    sucesso,beijos 1000 de seu amigo . :)

  3. Andrey Brito says:

    Adorei a entrevista!!!

    Já indiquei o site para diversos amigos e o feedback sempre foi positivo!

    Especial carinho por Cores Nômades e Toca no meu rádio!

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *