Entrevista com Juan Arias

Neste programa Alberto Dines entrevista o colunista do El País no Brasil, o espanhol Juan Arias. Especialista em Vaticano, ele examinou o trabalho do cardeal argentino Jorge Berglolio desde que, em 2013, foi eleito o primeiro Papa da América Latina.

Com um discurso voltado aos mais pobres, o Papa Francisco é também o primeiro jesuíta no posto mais alto da Igreja.

Para Juan Arias, “Francisco é um Papa totalmente inédito, já que é o primeiro que não é Papa, ele voltou a se chamar bispo de Roma, como antigamente”. Com seis décadas de profissão e metade delas na Santa Sé, ele foi correspondente no Vaticano e acompanhou os Papas Paulo VI e João Paulo II em mais de 100 viagens e descobriu o único códice existente escrito no dialeto de Jesus. Na Universidade de Roma, estudou filosofia, teologia, psicologia, línguas semíticas e se dedicou à literatura com 15 livros escritos, muito editados no Brasil.

Aqui no Brasil, Juan Arias escreve sobre política, economia e sociedade e faz comparações entre o jornalismo que é produzido nos dois países: “O jornalismo no Brasil é melhor do que o jornalismo espanhol porque o que domina no Brasil é a curva, na Espanha é o ângulo reto. A Espanha é dura.”, conta o colunista.

(Por Observatório da Imprensa, 15/01/2016)

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *