Euclides da Cunha – da glória literária à morte trágica

A Editora Insular lança  nesta-quinta, 15/8, às 19 horas, no Palácio Barriga Verde, sede da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, o livro do jornalista Aimberê Araken Machado: Euclides da Cunha – da glória literária à morte trágica.

No livro, o autor analisa em primeiro lugar, o Rio de Janeiro na época das transformações realizadas pelo prefeito Pereira Passos; logo em seguida, revela, ao leitor, fatos biográficos interessantes de Euclides da Cunha; analisa, também, em profundidade, aspectos controvertidos da obra “Os Sertões”, tais como  o racismo e o determinismo geográfico.

A respeito da morte trágica de Euclides da Cunha, Aimberê discute, com minúcias esclarecedoras e verídicas, o triste acontecimento de 15 de agosto de 1909, que ficou conhecido, historicamente, como a “Tragédia da Piedade” (por ter ocorrido no subúrbio da Piedade, no Rio de Janeiro).

Para completar, o livro de Aimberê Araken Machado  exibe a trajetória internacional de “Os Sertões”. No final da obra, um importante e útil índice onomástico orienta, providencialmente, o leitor.

O escritor Aimberê Machado é autor dos livros Drama e Genialidade em Euclides da Cunha (2002), Atentados da Era Vargas (2004), O V da Vitória: II Guerra Mundial (2005), Erico Veríssimo: cruzando os caminhos do Tibicuera (2006), Tragédia no Sul: federalistas e monarquistas contra Floriano Peixoto – 1893/1894 (2008) e Sierra Maestra ? A epopeia da Revolução Cubana sincronizada com a história brasileira recente, entremeadas pelas aventuras de Patuska, o marujo (2013), todos publicados pela Editora Insular. Nasceu em Araranguá, Santa Catarina, em 1939.

Categorias: Tags: , ,

Por Antunes Severo

Radialista, jornalista, publicitário, professor e pesquisador é Mestre em Administração pela UDESC – Universidade do Estado de SC: para as áreas de marketing e comunicação mercadológica. Desde 1995 se dedica à pesquisa dos meios de comunicação em Santa Catarina. Criador, editor e primeiro presidente é conselheiro nato do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *