Falecimento do Jornalista e Radialista Aibil Barreto

O Instituto Caros Ouvintes lamenta o falecimento do radialista e jornalista Aibil Barreto, ocorrido no dia 05 de setembro, em Florianópolis.

Aibil (E), Norberto Ungaretti, Dakir Polidoro, Sec. Casa Civil e Dep. Aroldo Carvalho. Palácio do Governo, 1958

Confira matérias já publicadas no Caros Ouvintes sobre o radialista e jornalista Aibil Barreto:

Aibil Barreto, um festival de emoções

Garantido Cacau, foi o Aibil Barreto quem deu a tijolada

Vozeirões do nosso Rádio – Lista inicial

Legado

Aibil Barreto

Radialista de voz inconfundível que fez sucesso nas principais emissoras de Santa Catarina, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul e Paraná.

Aibil Barreto nasceu em Laguna (SC) no dia 16 de julho de 1940. Iniciou a carreira de radialista ao microfone da Rádio Anita Garibaldi de Florianópolis aos 14 anos impressionando pelo timbre nobre de sua voz e a maneira muitas vezes inusitada de dizer as coisas. Franco e leal com seus princípios e a graça de seu temperamento alegre e jovial foi, também, cáustico quando algo o desagradava.

Desprendido e impulsivo, não teve dúvidas, logo na primeira chance com o convite do casal Mascarenhas, ambos famosos à época, ela como vedete e ele como acordeonista, larga tudo e percorre boa parte do país até chegar na sonhada Rio de Janeiro, a metrópole mais desejada do Brasil naquela época, embora em 1960 tenha perdido a condição de Capital da República.

No Rio de Janeiro, Aibil trabalhou nas principais emissoras cariocas: rádios Mayrink Veiga, Nacional, Globo, Tupi, Mauá, Mundial e Rádio Relógio. Posteriormente atuou em emissoras do Paraná: Cultura (Curitiba) e Cruzeiro do Sul (Londrina); em São Paulo (Rádio Tupi, Cultura e TV Record), Rio Grande do Sul (Farroupilha e Gaúcha) e interior de Santa Catarina (Eldorado e Difusora de Criciúma, Garibaldi, Laguna e Clube de Itajaí). No retorno a Florianópolis integrou as equipes da Rádio Santa Catarina e da TV Cultura. Além de repórter e locutor Aibil se tornou conhecido em Florianópolis como o apresentador do Festival de Emoções, um programa com música e textos românticos nas noites da Rádio Anita Garibaldi.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *