Flagrantes inesquecíveis

A data: nove de março de 1947 – aniversário de Joinville. O campo pertencia ao América Futebol Clube. O clássico: América e Caxias. Como não havia sala de imprensa, muito menos cabine para transmissão, mesas e cadeiras eram postadas à margem do gramado e uma placa indicando que ali era o reservado para a imprensa. Abaixo da placa aparece o primeiro narrador esportivo de Joinville, José Gonçalves (ou simplesmente Jota Gonçalves) que mais tarde teve brilhante carreira política e fundou a Rádio Cultura de Joinville. A emissora em que Jota trabalhava era a Rádio Difusora (Segunda emissora de rádio instalada em Santa Catarina). Na foto ao seu lado está o proprietário da emissora, Wolfgang Brosig, lendo jornal. Acima, de óculos, está José Elias Giuliari (que mais tarde foi presidente da Federação Catarinense de Futebol). Na mesa estão outros radialistas e jornalistas de Joinville, integrantes das equipes da Difusora, Jornal A Notícia e Jornal de Joinville. Texto e arquivo do radialista e jornalista Eli Francisco.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *