FOLHA SOLTA

Em janeiro de 1961, quando com 19 anos fui contratado pela Difusora Itajaí, Donato Ramos era seu Diretor Artístico. Donato, à frente de sua máquina de escrever, em minutos preparava uma saborosa crônica sobre qualquer tema, a qual era lida às 13h sob o título de “Folha Solta”. Donato sempre me estimulou e de meu progresso na Difusora Itajaí, valeu-me, em 1963 uma transferência para a Bandeirantes de São Paulo, com salário cinco vezes maior.  E em São Paulo fiquei.
Por Odemar Costa

Passados 45 anos, localizei Donato, pela Internet. Vive à beira-mar em Florianópolis. E continua escrevendo.  Donato redigiu para os festejos do Dia do Rádio de 2006 esta crônica que gravei e lhes envio em MP3, a qual pode ser divulgada por sua emissora, se for do agrado. Um grande abraço deste barriga-verde de Urussanga, SC. Odemar. Costa.

Sons existem ]

 


Da Redação
Odemar Costa fez e continua fazendo o que muitos de nós gostaríamos de também fazer. Montou um homestudio onde atende sua clientela brasileira e de outros países gravando comerciais, fazendo dublagens e narrações. Para se comunicar criou o site
www.odemarcosta.com onde há inúmeras amostras de trabalho em estilo suave, vibrante e documental para que o cliente escolha o mais adequado. Você pode falar diretamente com ele pelo skype ou por e-mail: [email protected]


{moscomment}

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *