Frente Parlamentar de Radiodifusão

A Frente Parlamentar da Radiodifusão foi instalada oficialmente nesta última quarta-feira (7), no auditório da TV Câmara, em Brasília.
Por Marco Aurélio Gomes

Presidida pelo deputado Ivan Ranzolin (PFL/SC), a Frente, lançada durante a realização do 23º Congresso da Associação Brasileira de Rádio e TV (ABERT), em maio, é integrada por mais de 130 parlamentares e tem por objetivo aproximar o meio rádio com o Congresso Nacional.
Amplo diagnóstico elaborado pela Frente sobre a atual política de concessão dos serviços de radiodifusão, constata a concentração de emissoras em localidades de médio e grande porte e a inadequação das normas sobre emissoras comunitárias. “A Frente defenderá mudanças em concessões de radiodifusão”, anuncia Ranzolin. 
Segundo o deputado, mais de 50% das emissoras comunitárias comercializam propaganda, o que fere a legislação vigente. “O que era para ser uma boa iniciativa para as comunidades acabam se transformando num absurdo desrespeito à Legislação que regulamenta o Setor”, afirmou o Ranieri Moacir Bertoli, presidente da Associação Catarinense de Empresas de Radio e Televisão (ACAERT).
Outro ponto importante na agenda da Frente é a flexibilização do horário de apresentação da Voz do Brasil que, na avaliação de Ivan Ranzolin é resquício dos tempos da ditadura Vargas que, “além de ocupar um horário nobre das emissoras de Rádio, pouco acrescenta na comunicação do governo com a sociedade brasileira”. As Emissoras de Rádio querem ter o direito de transmitir o programa no período das 19 às 24 horas.


{moscomment}

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *